Saiba como evitar folhas amareladas

iG responde consultou engenheiros agrícolas e paisagistas para saber as causas e soluções para o mal

Lila de Oliveira, iG São Paulo |

Getty Images
O amarelamento das folhas pode estar relacionado a várias causas
iG: Por que as folhas do jasmim amarelam durante o inverno?

Adalberto de Souza Júnior: Muitas espécies vegetais sofrem com o inverno e isso causa a queda de folhas. Mas, no caso da maioria dos jasmins, esta é a época de florescimento. Assim, as flores recebem mais nutrientes que as folhas. O ideal é adubar com cerca de 250g de húmus/m² no final do outono, o que ajudará a planta a suportar melhor o stress desse período.

iG: A árvore da felicidade está amarelando e não cresce, mesmo depois de ter o vaso trocado. O que pode estar acontecendo? Como torná-la novamente saudável?

Marcos Malamut: O excesso de água pode ser responsável pelo amarelamento da planta. Além disso, a árvore da felicidade, apesar de poder ser cultivada em interiores, precisa de bastante luminosidade. Assim, é aconselhável que sempre fique próxima a uma janela. Se estiver do lado de fora, o problema pode ser o excesso de vento. Nesse caso, é preciso encontrar um local mais protegido para cultivá-la. Por fim, entre os motivos mais prováveis que podem levar a esse quadro, está o ataque de pragas. Verifique cuidadosamente se, sob as folhas, há pulgões ou cochonilhas (estas podem parecer "casquinhas" duras).

iG: A comigo-ninguém-pode está com as folhas amareladas. Como resolver esse problema?

Marcos Malamut: O mais provável é que haja excesso de umidade. É preciso verificar se os vasos estão bem drenados, se não há água acumulada nos pratos e se as regas não estão sendo muito frequentes. Essas plantas não toleram incidência de luz solar direta, o que pode provocar grandes manchas nas folhas.

iG: As folhas das palmeiras do jardim estão queimadas. O que pode estar acontecendo? Como tratar?

Mary Ellen: Geralmente, quando as folhas apresentam queimaduras apenas nas pontas é sinal de que há excesso de água. Quando o sintoma se manifesta nas bordas laterais, a causa pode ser a falta de água. Já as queimaduras pontuais indicam que as regas foram feitas durante a exposição ao sol.
Nesse caso, o ideal seria reduzir a frequência da rega, realizando-a apenas em períodos de estiagem ou quando o solo estiver muito seco. O ideal é que as palmeiras sejam irrigadas mais intensamente somente nos primeiros dias após o plantio. Passada essa etapa inicial, é preciso reduzir a frequência. Na fase adulta, as regas se tornam quase desnecessárias. Outras causas prováveis podem ser a falta de nutrientes e a acidez do solo, que exigem adubação com composto orgânico. Plantas em locais abertos também podem apresentar queimaduras nas folhas, principalmente as que têm pouca tolerância a ventos, como a palmeira ráfis.

Consultoria:

Adalberto de Souza Júnior, engenheiro agrônomo e paisagista da Faculdade Cantareira
Rua Marcos Arruda, 729, Belém – São Paulo (SP)
Tel: (11) 2790-5900

Marcos Malamut, paisagista da Proflora
Tel: (71) 8802-8460

Mary Ellen Souza Melo , engenheira agrônoma e paisagista da AGREEN
Tel: (11) 9477-8081



    Leia tudo sobre: folhas amareladasinvernoig respondejardimjasmim

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG