Saiba como cultivar azaleias

Especialistas dão dicas sobre o cultivo da flor

Lila de Oliveira, iG São Paulo |

Delicada e versátil, a azaleia pode ser cultivada em vasos , maciços e cercas vivas . Originária da China, a flor está entre as preferidas pelos brasileiros , já que se adaptou muito bem ao clima local.

Getty Images
As azaleias precisam de pelo menos quatro horas diárias de sol
A melhor época para realizar o plantio da azaleia é o outono . Em primeiro lugar, deve-se escolher um local que receba pelo menos quatro horas de sol por dia. A espécie adapta-se bem a qualquer tipo de solo, porém, para que ela produza uma florada exuberante, o solo precisa ser fértil, ácido, profundo e com boa drenagem .

O ideal, segundo a engenheira agrônoma Aline Fini, do Instituto Brasileiro de Paisagismo, é fazer uma cova quadrada de pelo menos 30 cm x 30 cm x 30 cm. Em seguida, misture 50 g de adubo N-P-K (4-14-8), 4 l de matéria orgânica, 70 g de farinha de ossos e 40 g de calcário dolomítico. Use uma pequena parte desse composto para preencher o fundo da cova.

Ao posicionar a muda na cova, certifique-se de que o colo da planta (região de transição entre as raízes e o caule) está no nível do solo e, então, adicione o composto restante.

Manutenção

Logo após o plantio, a rega da azaleia deve ser feita diariamente, durante um mês. Depois desse período, pode-se irrigá-la uma vez por semana, ou quando houver necessidade. Se o clima estiver muito seco, aumente a frequência, mas tome cuidado para que o solo não fique encharcado.
Entre o final do inverno e o início da primavera, e entre o fim do verão e o começo do outono, faça a adubação de cobertura da azaleia com 50 g de N-P-K (10-10-10). O procedimento garantirá que a planta continue se alimentando corretamente.

Após o florescimento da azaleia, que ocorre no inverno, recomenda-se fazer a poda da espécie. De acordo com Mary Ellen Souza Melo, engenheira agrônoma e paisagista da Agreen Serviços Agronômicos, a medida estimula o surgimento de novos brotos. Faça, ainda, a poda de limpeza, retirando flores murchas e folhas amareladas . Retire os galhos em excesso e elimine as pontas dos galhos que floresceram.

Pragas

A presença de insetos nas azaleias pode ocasionar algumas mudanças, como manchas foliares, alteração de cor nas folhas e queda de flores. O óleo de neem é uma alternativa para combater pulgões , cochonilhas e lagartas. Para acabar com outras pragas, o mais indicado é consultar um profissional para saber qual o tratamento mais adequado.

Fontes:

Aline Fini, engenheira agrônoma do Instituto Brasileiro de Paisagismo
Tel: (11) 3061-1219

Mary Ellen Souza Melo, engenheira agrônoma e paisagista da Agreen Serviços Agronômicos
Tel: (11) 9477-8081

    Leia tudo sobre: jardinagemazaleiacultivoadubaçãopodarega

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG