Incorporar as árvores pré-existentes no terreno à casa é uma boa alternativa para embelezar o projeto e preservar a natureza

Depois de tanto procurar, você encontra o terreno quase perfeito. Ele tem apenas um probleminha com mais de 50 anos e dez metros de altura. É, no meio do caminho tinha uma árvore... Mas com um pouco de criatividade e boa vontade o exemplar pode deixar de ser um problema e se transformar no destaque da casa.

“Ao contrário do que se pensa, esse elemento auxilia no processo criativo e agrega beleza ao projeto”, diz o arquiteto Ricardo Viggiani. Mas antes de construir é imprescindível verificar como está a saúde da espécie. “Consulte um engenheiro ambiental ou um agrônomo para diagnosticar o estado da planta e assegurar que ela não tombará sobre a casa”, ressalta a paisagista Ivani Kubo.

Após tomar a decisão de manter a espécie, é preciso adotar alguns cuidados para que ela não sofra, nem morra no decorrer da obra. “É necessário protegê-la, principalmente por conta da movimentação de escadas, andaimes e o uso de materiais químicos que podem ser agressivos”, afirmam os arquitetos Marina Fabiani e Jan Florez, do escritório Tela Design.

Soluções criativas

Há diversas maneiras de preservar a natureza e integrá-la à edificação. “É possível criar um jardim de inverno, aproveitar a sombra para ambientes de lazer ou ainda desenvolver uma charmosa casa na árvore”, sugere Ivani.

Outra opção é a construção de deques ou passarelas ao redor dos exemplares. “Coloquei essa ideia em prática na minha própria casa. O guanandi-carvalho, de 60 anos e 8 metros, fica na parte de trás do terreno e foi cercado por um deque de madeira cumaru, que liga o lazer à área íntima”, conta a paisagista.

A estética não é o único benefício trazido ao preservar as árvores. Os profissionais do escritório Tela Design tiveram o desafio de criar um projeto com uma jabuticabeira no espaço central do terreno. “Definimos o layout da casa com base no posicionamento da árvore e, ao mantê-la, planejamos uma abertura na sala de estar, o que garante a entrada de muita luz natural no térreo”, diz Florez.

Além disso, os exemplares asseguram o conforto térmico. “A sombra de uma planta é sempre bem-vinda em dias de calor, afinal mantém os ambientes mais frescos”, diz Viggiani.

Nessa, todos saem ganhando, a casa fica mais bonita e a natureza é preservada. Afinal, ela estava lá bem antes de chegarmos.








Serviço:

Alexandre Furcolin Paisagismo
Tel.: (19) 3255-1025

Ivani Kubo
Tel.: (11) 2331-2944/7597-1085

Ricardo Viggiani Arquitetura
Rua Cunhambebe, 351 – Ubatuba (SP)
Tel.: (12) 3832-3787

Tela Design Arquitetura
Rua Pedroso Alvarenga, 58 – São Paulo (SP)
Tel.: (11) 3168-4095

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.