Paisagistas ensinam como limpar as folhas das suas plantas sem danificá-las

Se nos jardins descobertos as chuvas costumam garantir, além da rega, a limpeza das plantas, o mesmo não acontece quando os vasos se localizam dentro de casa. Com o tempo, seja no campo ou na cidade é preciso lembrar de limpar cuidadosamente as folhas das plantas para que elas possam respirar livremente, sem o acumulo de pó e poeira.    

O ideal é utilizar um borrifador de água, especialmente nas folhas menores e mais moles, para eliminar a sujeira. Já nas folhas grandes e firme, um pano úmido é perfeito, afirma a paisagista Maricy Pissinatti . Segundo ela, algumas gotinhas de detergente ajudam a retirar o pó preto e espesso, comum nos terraços abertos em cidades mais poluídas.

Caso queira usar outro produto que não o detergente, misture três partes de água com uma de álcool, dilua bem e passe nas folhas com cuidado. Existem ainda óleos vegetais específicos para deixar as folhas brilhantes, mas o melhor é que sejam aplicados depois da limpeza com água, diz a paisagista.

Outra dica vem da paisagista Gigi Botelho . Sabão de coco também é um ótimo aliado. Faça uma leve espuma com um pouquinho de sabão e água, e aplique sobre as folhas. Para finalizar, enxágue com o borrifador de água ou, delicadamente, com um pano úmido.

Já nas áreas externas, para não ter que contar só com a ajuda das chuvas, o paisagista Benedito Abbud aconselha fazer regas constantes, jogando água com a mangueira, ou programar um sistema de irrigação que molhe o jardim automaticamente de tempos em tempos. Tais medidas evitam o acúmulo de sujeira nas folhas.

E lembre-se, fungicidas e herbicidas devem ser utilizados somente em casos de praga ou alguma outra doença na planta e não para limpeza.

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.