Conheça algumas dicas para você acertar na escolha das suas flores unindo cor, forma e tamanho em uma composição bonita e harmônica

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508158279&_c_=MiGComponente_C

É uma delícia ter em casa um jardim sempre florido e bem colorido. Mas às vezes algumas espécies muito diferentes em cor, forma e tamanho podem resultar em um visual estranho.

Segundo o paisagista Edu Bianco, é preciso planejar bem a combinação das flores que irão compor um jardim para que não se perca a beleza de nenhuma delas. Podem ter diferentes cores e tamanhos, desde que resultem em harmonia, diz Edu. A questão é que, às vezes, a pessoa vai simplesmente escolhendo as espécies que mais gosta e depois, no final, se decepciona.

O profissional lembra que o resultado mesmo só pode ser observado um tempo depois, quando todas crescem e florescem. Muitas vezes, as pessoas esquecem que o jardim vai se formar de fato dali a algum tempo e as plantas que eram pequenas e delicadas se tornam grandes, podendo prejudicar todo o projeto.

Como escolher as espécies

O segredo para acertar na escolha, segundo Edu, é realmente estudar as plantas e suas características a fundo, para conhecer como será seu crescimento e também se a planta prefere ficar no sol ou na sombra e em que tipo de clima e solo ela se adapta melhor, orienta.

Feito isto, selecione as espécies por tamanho, cores e local apropriado para as suas necessidades. Uma dica é utilizar também flores de épocas diferentes, para que o jardim esteja sempre florido. Além de algumas espécies frutíferas, para atrair os pássaros, o que é sempre muito agradável.

E, para evitar que o visual do jardim fique, digamos, bagunçado, pelo excesso de flores diferentes, Edu reforça que é preciso pensar em como elas ficarão no futuro, crescidas e reunidas. Caso contrário, fica parecendo mato, sem destacar a beleza e características de cada uma.

Como sugestão, Edu cita combinações como: um jardim comportado, com flores brancas com vermelhas ou então com azuis. O resultado é chique e elegante. Outra possibilidade, e aí vai do estilo de cada um, é reunir variedades bem coloridas mesmo, o que dá uma idéia bem natural. De qualquer forma, o melhor é evitar cores antagônicas, como azul e vermelho, e dar preferência a tons em degradê, como vermelho, laranja e amarelo, por exemplo. Assim, não tem erro!

Anote algumas opções de flores sugeridas por Edu Bianco:

¿ Lantana-cambará, bem colorida e com perfume
¿ Maria-sem-vergonha, com muitas opções de cores
¿ Flor-de-maio, também com muitas opções de cores e sem cheiro.
¿ Penta, bem colorida
¿ Rainha-Margarida, bem colorida
¿ Gazania, bem colorida
¿ Gardênia, branca e bem perfumada


Leia mais sobre: jardim


Onde encontrar:
Edu Bianco - tel. (11) 78608254

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.