As ervas daninhas estão tomando conta do seu jardim? Veja por que é preciso acabar com elas

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508156625&_c_=MiGComponente_C

Elas vão surgindo aos poucos e no começo podem até ficar disfarçadas, sem incomodar muito. Mas chega uma hora em que as ervas daninhas precisam ser eliminadas do seu jardim, antes que elas eliminem as suas plantas....

Para o paisagista Edu Bianco, as ervas daninhas podem ser evitadas com forrações que fechem o chão, impedindo a sua germinação. Dessa forma, não haverá luz para promover o crescimento delas. Sugiro que a forração seja feita com casca de árvore ou pedriscos, orienta. Assim, para evitar o seu aparecimento, basta eliminar os fatores que ajudam a semente a germinar.

E os paisagistas e engenheiros agrônomos Mair Gilbert e Alexandre Braga ensinam a fórmula: Para evitar o aparecimento das ervas daninhas, deve-se colocar substrato já esterilizado como Solomax, Turfaretil, Rendimax e húmus de minhoca, indicam.

Presença constante

Mas, afinal, de onde elas surgem? Com a própria natureza ao redor: fatores como o vento, os pássaros e a própria terra podem se encarregar de trazer as sementes das ervas daninhas, que acabam germinando quando encontram condições favoráveis, como sol e umidade.

Mas, na verdade, elas são presença constante nos jardins justamente porque são pouco exigentes e germinam fácil, assim são caracterizadas como plantas comuns ou mato mesmo. Para reconhecê-las, é bem fácil: Elas são qualquer planta diferente das que foram plantadas no jardim, diz Bianco.

Então basta ficar de olho e acompanhar o crescimento de suas plantas, verificando se aparece alguma nova moradora no local. Ao retirar as ervas daninhas, deve-se eliminar junto a raiz, para que elas não voltem a crescer, avisam Maier e Alexandre.

E devem ser eliminadas não só porque prejudicam a estética do projeto paisagístico, mas também porque acabam prejudicando as suas plantas. As ervas daninhas competem com as espécies ornamentais em espaço, na retirada de nutrientes do solo, no recebimento de iluminação solar, na retirada de água do solo e chegam até a sufocar a planta para garantir sua sobrevivência, afirmam Maier e Alexandre.


Leia mais sobre: ervas daninhas


Consultoria:
Maier Gilbert e Alexandre Braga -
www.maiergilbert.com.br
Edu Bianco - tel. (11) 78608254

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.