No verão, constantes chuvas fortes podem ser um perigo para o ambiente em que vivemos

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508108521&_c_=MiGComponente_C

Além de causar alagamentos, infiltrações e desalojamentos, o que muitos não sabem é que os temporais também podem afetar o funcionamento dos elevadores.

Por isso, a empresa Atlas Schindler preparou um boletim explicativo com orientações sobre o que fazer em casos de falta de energia e inundações, além de como proteger o elevador de incidentes decorrentes da chuva. O material será distribuido durante o mês de março em edifícios e condomínios de todo o Brasil.

De acordo com o manual, no caso de falta de energia com pessoas presas no elevador é necessário solicitar a presença de um técnico para a realização de um resgate seguro. Outro cuidado é com as capas de chuva e os guarda-chuvas molhados. Segundo o informativo, o ideal é escorrer a água desses utensílios antes de entrar no elevador.

Caso haja variação de energia elétrica, por exemplo, os equipamentos devem ser desligados, se possível, em suas chaves gerais. Em caso de possíveis inundações, antes de desligá-los, é preciso garantir que as cabines permaneçam acima do andar téreo, em uma posição onde as águas não possam atingi-las. Outra dica é fechar completamente as janelas da casa de máquinas dos elevadores quando houver um sinal forte de tempestade.

Se mesmo depois de todas essas dicas o elevador for afetado, seu uso só poderá ser restabelecido após a secagem de todos os componentes. Essa secagem deve ser realizada somente pelos técnicos da empresa de manutenção responsável, que possuem condições de diagnosticar os danos causados e garantir um funcionamento seguro.

Para solicitar o informativo A Seu Serviço, basta entrar em contato com o SAC da empresa.



Serviço
Atlas Schindler
SAC: 0800 0551 918

Leia mais sobre: elevador

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.