Muitas vezes deixadas em segundo plano, as escadas podem, ao contrário disso, ser um elemento decorativo de destaque no projeto de sua casa. Veja a seguir boas ideias para você se inspirar

- Divulgação

Independente do estilo e dos materiais de que são feitas, toda escada oferece inúmeras possibilidades para ganhar uma dose extra de charme. Para quem não quer mexer na estrutura, é possível deixá-la com um visual mais moderno simplesmente fechando uma lateral com espelho, como fez o designer de interiores Moreno em sua própria casa.

O modelo, construído nos anos 70, acabou funcionando como um recurso para ampliar o living. Situada no fundo da sala, a parte espelhada parece dobrar o espaço. Outra sugestão para quem só quer mesmo caprichar na decoração é colocar velas médias e grandes no canto de alguns dos degraus. E em dias de festa ou noites românticas, basta acendê-las para criar um clima especial.

Já as paredes que fecham uma escada podem exibir uma coleção de pinturas, fotos ou gravuras. Como fez a decoradora Clarisse Reade em sua casa, que reuniu uma série de desenhos e gravuras adquiridos em suas viagens mundo afora. E uma escultura sobre um pedestal, que pode ser de vidro, acrílico, mármore ou madeira, pode agregar sofisticação se colocada no patamar, entre um lance e outro.

Mix de materiais

Escada de madeira, piso de vidro e corrimão de aço inox desenhado com motivos florais, da Primo Vidros

E se você está reformando ou construindo sua casa e ainda está em dúvida sobre como deve ser a escada, lembre que os materiais a serem escolhidos devem estar em sintonia com todo o projeto. Assim, se a opção é o rústico, invista na madeira de demolição e o guarda-corpo pode ser um gradil de ferro antigo, também proveniente de materiais de demolição.

Mas se a preferência é pelo contemporâneo, um mix de materiais como concreto, madeira, vidro, granito e aço pode resultar em belos modelos, como alguns sugeridos por Matheus Silveira, da Primo Vidros. Em um de seus projetos, uma escada de concreto recebeu degraus de madeira e no lugar do guarda-corpo foi instalada uma parede de vidro. É uma forma de oferecer segurança ao usuário e, ao mesmo tempo, deixar a escada totalmente à mostra. E a iluminação ganhou um toque diferenciado com os LEDs instalados junto aos degraus.

Outra ideia, já amplamente utilizada, é a escada erguida com estrutura de aço e degraus de vidro. Alguns são ainda iluminados por baixo. O resultado é minimalista e muito moderno. É um modelo que vai perfeitamente de encontro à opinião de Matheus: As escadas residenciais não devem se feitas com materiais pesados e limitadores. Os modelos de vidro são como objetos de design, que conferem personalidade ao ambiente.

Nessa mesma linha, a empresária Tânia Bulário, da Só Escadas cita como exemplo o modelo de alvenaria com degraus flutuantes adornados com placas de granito e guarda-corpo ou corrimão de aço. É um tipo de escada escultural, que traz leveza ao ambiente, explica.

Escada de concreto revestida com mármore e corrimão de aço inox, da Só Escadas

O corrimão, aliás, deve ser planejado de acordo com as necessidades de cada família. Para quem tem criança em casa, ele deve ser fechado. Mas em uma casa só de adultos, pode ter um desenho bem simples: apenas o suficiente para dar apoio. Mas é importante ficar atento às normas de segurança deste componente, isto porque o corrimão deve estar, no mínimo, a 90 cm acima de cada degrau, orienta Tânia.


Leia mais sobre: escadas


Consultoria:
Clarisse Reade:
www.clarissereade.com.br
Moreno:
www.morenointeriores.com.br
Primo Vidros:
www.primovidros.com.br
Só Escadas:
www.soescadas.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.