Saiba como aproveitar essa opção de revestimento, uma tendência que está de volta com desenhos mais modernos e com toques orientais


Acordo Ortográfico


Caiu por terra a idéia de que os papéis de parede são antiquados e ficaram lá atrás. A tendência voltou com tudo, tanto é que estampou diversos ambientes do Casa Boa Mesa, evento que aconteceu em São Paulo durante o mês de setembro.

A arquiteta Fernanda Russo, que projetou o espaço Loja Casa Boa Mesa, usou a técnica em uma das paredes e falou mais sobre os efeitos do papel de parede no ambiente. Sempre gostei de usar, porque acho que deixa mais aconchegante. Além disso, consigo alguns tons e efeitos que com a tinta é impossível, diz.

VEJA GALERIA DE FOTOS DA LOJA CASA BOA MESA

A principal diferença na volta dos papéis de parede está nas estampas, que deixaram de ser clássicas e ganharam um tom oriental. Nessa nova tendência, eles vêm com bastante estampa, mas não aqueles florais românticos de antes. São figuras mais modernas, com toques indianos, explica Fernanda.

Se a idéia é utilizar na decoração de casa, prepare-se para gastar bem mais do que em uma demão de tinta. Mas existem idéias criativas que driblam essa questão. É algo um pouco caro, por isso sugiro que as pessoas cubram apenas uma parede do ambiente com o papel, em um lugar estratégico, e pintem as outras paredes de uma cor só, conta a arquiteta.

Ou seja, use esse trunfo no local de mais destaque do ambiente. Considero um local estratégico aquele que se queira dar mais ênfase, que esteja em evidência. Como uma parede que a pessoa abra a porta e dê de cara com ela.

Para dar ainda mais charme e combinar o espaço com a parede nova, integre-a aos outros objetos por meio da cor. Outra dica é usar a mesma cor do papel de parede em algum objeto, como as almofadas do sofá, por exemplo. Isso realça ainda mais, conclui.


Leia mais sobre: papel de parede

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.