Modelos compactos e modernos possibilitam guardar vinhos na temperatura ideal o ano todo

Coloridos, modernos e compactos, os novos modelos de adegas climatizadas são de enlouquecer os apaixonados por vinhos. Além disso, tanta tecnologia também favorece aqueles que sempre sonharam com um ambiente dedicado à bebida, mas não dispunham de espaço suficiente.



Mas, antes de sair às compras, é importante atentar para alguns detalhes. “O consumidor deve conhecer as diferenças entre as adegas e climatizadores disponíveis no mercado. Alguns modelos são indicados somente para resfriamento e outros para conservação da temperatura. Existem ainda equipamentos direcionados a tipos específicos de vinhos”, afirma Alexandra Schirrmann Colavita, representante da loja Spicy, revendedora de adegas.

“Prefira modelos com sistema compressor com antivibração, mais indicados para o clima tropical, pois diferentemente dos outros disponíveis no mercado, ele não tem oscilação de temperatura” acrescenta William Tsuji, coordenador de marketing da Art des Caves. É preciso também considerar o número de garrafas e a possibilidade de expandir a adega. Além disso, leve em conta a quantidade de vinho consumida por mês.

“Se o consumo for de duas garrafas por semana, ao fim do mês serão oito. Dessas, duas seriam de vinhos de média qualidade, uma de alta qualidade e o restante de bebidas para o dia-a-dia. Portanto, seria um giro de cinco garrafas simples por mês, o que exigirá uma adega para 40 recipientes, com seis nichos para vinhos premium - que deverão ser guardados para um momento especial ou que estão ainda novos -, 12 para vinhos médios e o restante para os de consumo rápido”, indica o sommelier Bruno Hermenegildo.

Tecnologia

Painéis digitais com sistema de controle por toque, indicadores de temperatura, acabamentos variados e capacidade para inúmeras garrafas são algumas das características dos modelos encontrados no mercado.

“Há ainda produtos com duas temperaturas, o que reduz a necessidade de espaço, já que dispensa o uso de outra adega para vinhos diferentes. Além disso, a precisão da temperatura oferecida por esses equipamentos garante que o vinho será armazenado nas condições ideais”, diz Alexandra.

Mas, se espaço não for problema, é possível optar pelas adegas automatizadas, que podem abrigar até 500 garrafas. “Elas contam, por exemplo, com sistemas que permitem listar os vinhos por tipo de uva, região, safra ou ainda selecionar o vinho que deseja tomar e visualizar sua localização. Há também o controle remoto de estoque, de entrada de pessoas via biometria e fechamento automático das portas”, diz Tsuji.

Até mesmo a preocupação com a sustentabilidade está presente nesse mercado. Na Tocave é possível encontrar uma modelo com tecnologia e-freeze, conhecida como sistema termoelétrico ou peltier. “A vantagem é o baixo consumo de energia elétrica e a ausência de trepidação. Além disso, não possui compressor, o que dispensa o uso do gás CFC, substância nociva à camada de ozônio, e possibilita design inovadores”, explica Roberto Russo, diretor comercial da empresa.

Onde instalar?

A escolha do lugar no qual as adegas serão instaladas é outro fator importante, pois deve ser bem ventilado e sem incidência de luz solar direta em nenhuma das faces do equipamento. “Como o comportamento familiar está cada vez mais voltado para a integração das áreas sociais da casa, acredito que a sala ou a cozinha gourmet sejam os lugares ideais para abrigar a adega, que é uma releitura dos antigos bares e passaram a fazer parte da decoração”, afirma o arquiteto Fábio Galeazzo.

Russo concorda. “A adega deixou de ser vista como um simples elemento para armazenar e conservar vinhos e passou a ser um objeto de design e ostentação. Consumidores dos rótulos mais simples até os mais sofisticados fazem questão de receber seus amigos e expor o equipamento.”

De acordo com Galeazzo, o ambiente pode ser revestido com materiais naturais como pedras, tijolos e madeira para contrastar com os equipamentos de aço inox e deixar o ambiente mais aconchegante no momento de apreciar um bom vinho.



Serviço

Art de Caves
SGCV/Sul Lote 22 Loja 111, Zona Industrial, Guará (Brasília)
Tel: (61) 3234-7268

Amercantil

Electrolux
0800-7288778

Fábio Galeazzo

Rua Antonio Bicudo, 83 - São Paulo (SP)
Tel: (11) 3064-5306

Gaggenau
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 488, Jd. América - São Paulo (SP)
Tel: (11) 3668-6600

GE
SAC 0800-7717788

Mabe
0800-7726223

Spicy
São Paulo/SP
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1236 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3083-4407

Tocave
0800-7707666

Viking
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1847 - São Paulo (SP)
Tel: (11) 3064-0011

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.