Cores e móveis certos evitam a sensação de pouco espaço no apartamento

Móveis sob medida e cores claras ajudam a ampliar o espaço
Divulgação
Móveis sob medida e cores claras ajudam a ampliar o espaço
Com o aquecimento do mercado imobiliário e a alta procura por casas e apartamentos nas áreas mais mais centrais da cidades, espaço virou luxo. E o grande segredo é saber aproveitá-lo ao máximo. Por isso, pedimoas a arquitetos e decoradores para nos contar seus truques para dar a sensação de amplitude em apartamentos pequenos e com pouco espaço circulação.

“É possível escolher mobiliário, cores e até mesmo revestimentos que conferem esse resultado”, afirma a arquiteta Telma Santini, diretora do escritório Ravic Arquitetura e Urbanismo.

A alternativa mais conhecida é o uso de espelhos. “Além de charmosos, sempre ajudam a dar profundidade aos cômodos”, diz ela.

Porém, eles não são a única opção. “Há uma lista extensa de soluções e dicas específicas para cada espaço”, diz o arquiteto e designer de interiores Gerson Dutra de Sá. Vale conferir cada uma e escolher aquela que dará novos ares e medidas (ainda que ilusórias) à sua casa.

Mobiliário assinado
É mais difícil encontrar móveis com dimensões que se encaixem perfeitamente em espaços reduzidos. E sair comprando sem ter uma metragem exata ou um projeto para cada ambiente pode sair mais caro depois. A dica do arquiteto Saulo Szabó, do escritório Szabó e Oliveira, é colocar o trabalho nas mãos de profissionais especializados.

“É necessário estudar muito o ambiente para escolher uma peça que não seja desproporcional. Para apartamentos menores, o melhor é optar por marcenaria, pois é muito flexível.”

Tons neutros
O uso de cores claras ajuda a ampliar o ambiente. “Tons frios e neutros são fundamentais para aumentar o espaço”, afirma Telma. Também é possível apostar em tonalidades quentes, porém é recomendável usá-las em cômodos de pouca permanência, como lavabos, ou em uma única parede.

Evite exageros
Se o espaço for pequeno, é essencial economizar na quantidade de móveis e itens de decoração. “Muitas pessoas pecam pela quantidade”, comenta Dutra de Sá. A dica é apostar em uma disposição prática e funcional, que não irá atrapalhar a circulação. Tudo deve ser muito bem estudado para não prejudicar o espaço.

Não esqueça de escolher um tapete de acordo com as medidas da sua sala. Modelos com grandes dimensões podem encolher o ambiente.

Espelhos grandes em locais estratégicos, como na sala de jantar ou na porta do lavabo é outro truque que não pode faltar.

Escolha dos revestimentos
Os materiais de acabamento são grandes aliados na busca por espaço. “Dê preferência a peças claras e com grandes dimensões”, diz Szabó. Outra dica é revestir o piso da casa inteira com o mesmo material.

Dessa forma, os ambientes não ficam delimitados e conferem a sensação de amplitude. Se for usar madeira, opte por tacos compridos e estreitos.

Espaços unificados, nichos e um bom projeto de iluminação garantem amplitude
Divulgação
Espaços unificados, nichos e um bom projeto de iluminação garantem amplitude
Iluminação
Um bom projeto luminotécnico ajuda a valorizar o espaço. Luzes embutidas no forro de gesso são boas alternativas, assim como balizadores fixados um pouco acima do rodapé. Eles iluminam de cima para baixo e ampliam os ambientes.

Nichos e vãos
Aqueles nichos que ficam embutidos nas paredes comportam diversos itens de decoração sem ocupar nenhum centímetro. São alternativas para salas, quartos e escritórios.

Já os pequenos espaços livres podem ser aproveitados com prateleiras de MDF, material de espessura fina, que permitirá abrigar itens de decoração e livros sem pesar os ambientes.

Móveis inteligentes
Apostar em móveis com múltiplas funções é sempre uma alternativa bem-vinda. Estantes que se transformam em divisórias estão entre as preferidas de arquitetos e designer de interiores. Outra sugestão é a escolha de um sofá-cama, que pode acomodar os hóspedes e armários com compartimentos ocultos, que permitem esconder a bagunça com ordem.

Closets e armários de cozinha devem ter fechamento único externo, pois ocupam pouco espaço e possibilitam melhor visualização de roupas, acessórios e utensílios. Dê preferência a modelos com portas de correr, que facilitam a abertura.

Cozinha americana
Esta é sempre uma boa alternativa quando o assunto é o aproveitamento do espaço. “Ambientes integrados trazem maior luminosidade à casa”, diz Szabó.
Para completar a bancada, escolha cadeiras leves e compactas, que não prejudiquem a circulação, mas ajudem a acomodar as visitas.

Consultoria:

Gerson Dutra de Sá
Tel: (11) 5044-2830/9982-2028

Melissa Paro e Camila Missura
Tel: (21) 2512-9696

Ravic Arquitetura e Urbanismo
Tel: (11) 3593-8435

Szabó e Oliveira Arquitetura
Tel: (11) 3266-5756

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.