Se bem aplicadas e conservadas, as tintas para azulejos podem ser boas opc?es para fugir da reforma completa

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508124798&_c_=MiGComponente_C

O apartamento e bonito, mas tem um azulejo pavoroso no banheiro. A soluc?o de reformar n?o parece muito atraente, ja que ninguem gosta de encarar seus altos custos. Pintar sobre as pecas pode ser, ent?o, uma alternativa mais rapida, limpa e barata. Mas funciona?

Arquitetos e decoradores costumam torcer o nariz para essa saida. Os profissionais da area preferem, em geral, usar as tintas proprias para azulejos como um recurso de detalhe, para fazer um barrado de outra cor, por exemplo. Aplicar essas tintas em todo o comodo, seja ele uma cozinha ou um banheiro, n?o esta na preferencia dos especialistas.

O servico precisa ser extremamente caprichoso para que o resultado seja bom e, principalmente, duradouro, explica a decoradora Sandra Regina Zath. E com essa chance de o trabalho dar errado, e problematico oferecer a um cliente, mesmo que pareca um modo mais simples de resolver a cor de uma cozinha.

Mas a realidade e que esse tipo de pintura, que utiliza as tintas chamadas epoxi, sairam do uso industrial para ganhar o mercado residencial definitivamente. S?o indicadas pelos fabricantes para azulejos, tetos que s?o expostos a umidade e ate para pecas de banheiro, como vasos sanitarios e pias.

Vale lembrar que o resultado e mais ligeiro do que fazer uma reforma, mas o odor muito forte das tintas e a necessidade de cuidados especiais para fazer um bom servico devem mesmo ser levados em conta.

As tintas epoxi ou com outras bases, como resinas acrilicas modificadas ou agua, n?o podem ser aplicadas, por exemplo, em pisos, piscinas, saunas e banheiras, pois certamente o trabalho ira durar um tempo pequenissimo.

A importancia da limpeza
Se a ideia for recobrir todo um comodo, o procedimento e, basicamente, o mesmo que para as tintas latex convencionais. Antes de cobrir as paredes de tinta, porem, sera necessario um arduo trabalho de limpeza. Os fabricantes indicam que os azulejos sejam limpos minuciosamente com esponja e sab?o, lavados ate perder todo possivel limo, gordura ou sujeira que tenha na superficie. So depois dessa lavagem e de todo o recinto seco e que pode ser iniciada a aplicac?o da tinta para azulejos.

Para mim foi a melhor soluc?o possivel, diz a produtora fotografica Fabiana Eid, de S?o Paulo. Sem coragem para colocar toda a cozinha e o banheiro abaixo, ha alguns anos ela optou por melhorar a aparencia dos dois comodos usando tinta para azulejo. Telefonei para o fabricante e pedi dicas, antes de mais nada, sobre como o trabalho ficar bem feito, pois ja tinha visto outros servicos do genero ficarem muito ruins. Eles me explicaram sobre a limpeza previa e, assim, o pintor fez o trabalho. Ja se passaram mais de seis anos e as paredes est?o perfeitas, diz Fabiana.

A tinta usada pela produtora foi a Sayerdur, da Sayerlack, um pouco diferente das demais no que diz respeito ao cheiro forte. Ela e produzida a base de agua, ao contrario de outros produtos similares do mercado que usam epoxi como solvente. O resultado e uma tinta com menos odor.

O gal?o de 3,6 l desse tipo de tinta custa bem mais do que as tintas comuns: entre R$ 95 e R$ 160. Com as tres dem?os que s?o necessarias para um bom servico (que dura ao menos cinco anos), e possivel recobrir cerca de 20 m? com um gal?o.

Trabalho pronto, e preciso esperar um ou dois dias para secagem completa e eliminac?o do cheiro. E, depois disso, so vale limpar a parede delicadamente com agua e sab?o, jamais utilizando produtos abrasivos, pois assim corre-se o risco de a tinta descascar e todo o trabalho, ate ent?o considerado mais simples e barato, ir por agua abaixo.


Leia mais sobre: tinta para azulejo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.