Conheça a história e os projetos conceituais do escritório de design Baíta

Foi durante um vernissage do pintor Umberto França, no Rio de Janeiro, em 2005, que a carioca Helena Bueno e o suíço Heinz Muller se conheceram e começaram a conversar sobre design. Dois anos mais tarde, os milhares de planos e ideias que nasceram naquela noite deram vida à Baíta Design , um escritório que alia arte, empreendedorismo, inovação e versatilidade em produtos diferenciados e cheios de bossa.

Há quase três anos no mercado, a dupla já tem mais de 100 peças conceituais projetadas, entre elas a Ufo Lamp, uma lâmpada em formato de disco voador que levita por meio de um sistema de ímã, e o conjunto de cadeira e mesa Corset, inspirado nos bailarinos do Moulin Rouge, em Paris.

Formada em desenho industrial, Helena comemora, agora, a entrada da empresa na segunda fase do projeto de crescimento: a negociação com empresas para a produção e comercialização de suas idéias. Muitas delas finalistas em diversos concursos internacionais de design, tais como a Bop Lamp, inspirada no brinquedo infantil João Bobo, e a luminária Lollipop&Co, em forma de sorvete.

“Sabemos que toda atividade precisa de tempo para começar a dar retorno, então, nos preparamos, assumimos os riscos e iniciamos usando capital próprio”, diz a designer, que inicialmente se dedicou a aprimorar técnicas e estudar o mercado. Este mesmo que, muito em breve poderá ver suas peças ao vivo e a cores.

Veja galeria abaixo com os principais projetos da Baíta Design







    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.