Jardim japones repleto de simbologias e um verdadeiro refugio, cheio de emoc?es

Desde o inicio da imigrac?o japonesa, eles est?o presentes em cada canto de S?o Paulo. Trouxeram do oriente sua cultura milenar e a inseriu pelas Villas paulistanas, ao longo de cem anos.

Por estarem t?o evidentes na vida do paulistano, um dos arquitetos paisagistas mais representativos do cenario brasileiro e tambem terceira gerac?o que descende de japoneses, aproveitou o espaco Patio das Casas, para homenagear esta cultura.

Com um jardim japones repleto de suas simbologias, e vista com um olhar cheio de influencias brasileiras, Hanazaki cria um verdadeiro refugio, cheio de emoc?es.

S?o 300m? que ligam os ambientes e que promovem a interatividade entre as pessoas. Para tanto, Alex utilizou os elementos agua e fogo para acalmar e aquecer, transformando-o em um jardim sensorial, para trazer a brasilidade ao espaco se fez uso do Asplenio (tipo de Samambaia), da Renda Portuguesa e do Aspargo.

E possivel tomar um cha em volta da fogueira, ouvindo o som do espelho dagua, explica o arquiteto, que participa pela quinta vez da Casa Cor e a considera como uma referencia na arquitetura brasileira, que dita as tendencias, tanto de decorac?o como paisagismo.


Leia mais sobre: Casa Cor

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.