Arte feita de retalhos, essa tecnica de bordado encanta pela beleza campestre e descontraida que traz vida a qualquer ambiente

Original da China, a tecnica conhecida no mundo todo como americana garante pinceladas de cor e alegria em pontos estrategicos da casa. Patchwork, ao pe da letra, significa trabalho de remendo, ou seja, a uni?o de diferentes retalhos, em geral de algod?o, criando desenhos abstratos, como um mosaico de cores e estampas.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

O patchwork inicialmente era usado em acolchoados, ou quilts, e foi levado da China para a Inglaterra por navegadores no seculo XI. Porem, a arte do quilting chegou as Americas, especificamente Estados Unidos e Canada, apenas no seculo XVII pelas m?os de colonizadores.

Vers?o brasileira

Os americanos que chegaram por aqui em meados do seculo XIX trouxeram a arte dos retalhos na bagagem, mas pouco foi assimilado, ja que as brasileiras estavam acostumadas as tecnicas do croche e de rendas tipicas.

Somente nos anos 60 o patchwork comecou a ganhar forca no Brasil com a vinda de missionarios americanos que se encarregaram de difundi-lo, aplicando-o em pecas simples, como tapetes e colchas.

Mais tarde, nos anos 80, brasileiros que foram morar em pequenas cidades nos Estados Unidos voltaram para ca com o dominio da tecnica, que ate hoje representa o artesanato americano, reproduzindo cenarios coloridos e a vida no campo.

Das tipicas colchas, o patchwork passou a ser utilizado em acessorios decorativos, bolsas, jogos de cama e mesa e, em especial, nos enxovais dos quartos de bebes.

Pitada de cor

Segundo Vanessa Gomes, designer de interiores e proprietaria da Casa da Vila ? loja paulistana especializada em artesanato popular, que comercializa a produc?o de mais de 280 comunidades de artes?os de todo o Pais ? , o patchwork, assim como todo artesanato, traz aconchego e personalidade a casa. Mas deve ser usado com bom-senso.

O patchwork combina bem em ambientes rusticos, mas tambem traz um belo efeito nos modernos. Afinal, a regra e n?o combinar, brinca. Tem gente que peca por achar que tudo deve ser super combinado. Ao contrario, a mistura de estilos e materiais traz graciosidade. O que n?o vale e o excesso, avisa.

Como exemplo, Vanessa explica: Deve-se eleger apenas um elemento marcante do ambiente para se empregar a tecnica, pois e um trabalho de forte presenca. Desta forma, pode-se usar o patchwork no revestimento de uma poltrona, na confecc?o de um tapete ou na colcha do quarto.

Ao contrario dos espacos adultos da casa, os quartos de bebe aceitam a presenca do patchwork em todo o enxoval, do trocador e protetores do berco a cama da baba e cortina. Mas sempre com muita delicadeza e apenas em detalhes estrategicos, como os barrados das pecas.

Para Vera Cremaschi Sampaio, uma das proprietarias da Ooh de Casa!, loja de objetos decorativos, as pecas em patchwork s?o alegres justamente pela mistura de retalhos com cores variadas. Qualquer ambiente da casa fica charmoso com uma peca feita com esse trabalho, opina.

As almofadas de retalhos ficam lindas no sofa da sala. Assim como uma colcha deixa o quarto bem aconchegante e rustico. Para decorar a mesa da sala de jantar, sugiro os caminhos de mesa e os jogos americanos, que d?o um toque especial, finaliza.


Leia mais sobre: patchwork


Onde encontrar
Ooh de Casa!:
www.oohdecasa.com.br
Casa da Vila:
www.casadavila.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.