Sensores permitem que estrutura reaja ao ambiente por meio de movimentos, sons e luzes

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508193748&_c_=MiGComponente_C

O avanço da tecnologia acaba de criar uma parede que se movimenta de acordo com o comportamento de quem passa por perto, modificando suas luzes e sons ao perceber a aproximação de pessoas e objetos.

Criada pela Festo, a parede interativa possui mais de cinco metros de altura e 50 centímetros de espessura. A novidade é composta por sete módulos independentes de 1,09 metro de largura cada.

A estrutura pode ser programada para mover-se de forma regular, como uma onda, ou relacionando-se com o ambiente. Nesta segunda opção, a parede capta o movimento das pessoas que se aproximam por meio de sensores de ultrassom, transformando as vibrações em movimento, luz e música. Um dos efeitos que podem ser criados é o de a parede se afastar ou avançar quando um indivíduo passar. 

Criada para exibir um conceito de decoração dinâmica, a parede interativa foi desenvolvida pela Bionic Learning Network, núcleo de pesquisas da Festo que, em conjunto com as mais renomadas universidades do mundo, já deu vida a pinguins biônicos, águas vivas e raias robôs.

Exposta na sede da empresa, na Alemanha, a parede ainda é um protótipo sem data para ser comercializado.

Veja  vídeo demonstrativo dos movimentos da parede.

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.