Utensílio para sentar, inspirado em tribo indígena sul-americana, se resume a uma tira de tecido

Uma tira de tecido de 85 cm de comprimento e 5 cm de largura batizada “Chairless” vem sendo uma das peças mais comentadas do Salão do Móvel de Milão. Criação do arquiteto chileno Alejandro Aravena para a marca Vitra, a “não-cadeira” foi inspirada nos hábitos da tribo indígena nômade Ayoreo, que habita a região de Gran Chaco, zona fronteiriça entre a Bolívia e o Paraguai.


Colocada ao redor das costas e das pernas, ela sustenta confortavelmente o corpo na posição de índio – com as pernas dobradas e unidas – e pode ser facilmente carregada na bolsa. O que a torna um acessório ideal para se levar em shows, parques e nas aulas de meditação.

Muito em breve a peça estará à venda nas lojas da Vitra nas cores verde e rosa. E já que a inspiração veio dos índios, nada mais justo do que doar parte do lucro obtido com a comercialização da peça a uma ONG voltada a essa causa. No caso, a verba será revertida à “Stiftung für indianische Gemeinschaften in Paraguay” (www.indigene-paraguay.ch), que já trabalhou com a tribo ayoreo.

Saiba mais sobre o Salão Internacional do Móvel 2010



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.