Veja como decorar a casa de praia com o seu jeito, combinando com o clima descontraído do verão e utilizando materiais resistentes à maresia e à umidade

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508150781&_c_=MiGComponente_C

Não é porque você passa somente as férias na sua casa ou apartamento no litoral que eles devam ser sem graça. Tudo bem que se trata de uma segunda casa, mas dá para deixar os ambientes bonitos e estilosos, do seu jeito, sem muita despesa e apenas com alguns toques de bom gosto.

Use elementos naturais

Segundo a arquiteta Carla Arigón Felippi, da Baixada Santista, uma boa dica é usar materiais nativos, como recurso mais econômico. No que concorda a arquiteta carioca radicada em São Paulo, Cynthia Pimentel Duarte: O uso de elementos naturais torna o ambiente mais leve. E o toque que pode dar mais personalidade e descontração à casa de praia ¿ sem pesar no bolso - fica por conta dos detalhes, como objetos decorativos que sejam do gosto do morador, que contem a sua história e que remetam à natureza, por exemplo. 

Divulgação
No projeto assinado por Carla Arigón Felippi, a varanda aberta para a piscina exibe materiais naturais e refrescantes, como a parede revestida de pedras e o painel de madeira, ao fundo

Algumas sugestões são: mesas e banquetas de madeira rústica ou de demolição; vasos de cerâmica natural com plantas tropicais, como bromélias, helicônias e palmeiras; abajures com base de madeira ou fibras naturais, como rattan e junco; garrafas coloridas com arranjos de flores ou velas aromáticas.

E se você gostar do tema náutico, nada mais apropriado do que a casa de praia para usar e abusar! Vale utilizar gravuras e desenhos que reproduzam corais, além objetos artesanais como barcos pintados à mão, cestos de palha e tapetes de sisal. Detalhes de azul, vermelho e branco também ajudam a compor o visual dos sete mares.

Para a escolha dos móveis, Carla lembra que deve-se priorizar as áreas de circulação: Nada de entulhar a casa e dificultar os acessos! E Cynthia indica os de fácil conservação, afinal, quem está de férias na praia, quer aproveitar o dia, e não passar o tempo cuidando da casa!

Atenção aos materiais

Ela cita madeiras naturais, laqueados de branco e fibras naturais (para áreas internas) e sintéticas (para o exterior), usados com almofadas e revestimentos de tecidos naturais, como o algodão, que tem toque refrescante e confortável, além de linhos, fibras, lonas e sarjas.

Divulgação
Móveis de matérias-primas naturais, como madeira, pedra e fibras, mescladas a vasos de cerâmica e almofadas coloridas, ajudam a integrar o living à área externa no projeto de Cynthia Pimentel Duarte

Um tecido de estampa alegre e bem acessível é a chita. Super tropical, deixa a casa alegre e moderna, com seus florais gigantes e de tons vibrantes. Às vezes, basta uma almofada ou um pufe para garantir o clima de praia. A arquiteta ainda dá uma dica: os florais mesclados com listras e xadrez fazem uma bela composição.

E se a família quer ficar bem à vontade a ponto de chegar em casa ainda com o corpo molhado do mar e se jogar no sofá, então será necessário optar por revestimentos do tipo aquablock, que são impermeáveis e, portanto, não mofam. São confortáveis ao toque, não têm aspecto emborrachado e são encontrados em diversas estampas e cores, conclui Carla.

Divulgação
A parede revestida de pedras traz frescor à casa de praia. E arranjos com bromélias garantem o clima tropical. Projeto de Cynthia Pimentel Duarte


Leia mais sobre: decoração

Endereços:

Carla Arigón Felippi ¿ Av. Presidente Wilson, 1147, cj 201, São Vicente, SP, tel (13) 3467-4579;
www.cafelippi.com.br

Cynthia Pimentel Duarte ¿ R. Bandeira Paulista, 662, cj.21, São Paulo, SP, tel. (11) 3078-0177;
www.cynthiapimentelduarte.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.