Hora de colocar a criatividade em cena e preparar uma festa de Carnaval para os pequenos

Basta um pouco de criatividade e bom gosto para preparar um verdadeiro baile de Carnaval para as crianças com toda a segurança do lar. O primeiro passo é escolher o local da folia. “Espaços ao ar livre são sempre agradáveis, mas não esqueça que estamos em época de chuva. Opte por um lugar arejado, porém com alguma área coberta em caso de emergência”, recomenda Cássia Guimarães, do bufê Viva Festa.

Não esqueça de dois ilustres convidados fundamentais para a ocasião: o confete e a serpentina
Getty Images
Não esqueça de dois ilustres convidados fundamentais para a ocasião: o confete e a serpentina


Em seguida, arraste os móveis para os cantos, livrando o espaço para as brincadeiras , e guarde objetos que podem quebrar ou machucar a garotada. “Nada de peças pontiagudas ou feitas com materiais cortantes por perto”, diz a decoradora Titina Leão. Espalhe almofadas e pufes coloridos para que todos possam se acomodar quando o cansaço bater. “Eles são confortáveis e podem ser deslocados com facilidade”, completa.

Agora, a ordem é deixar a preguiça de lado e partir para os enfeites. Se a ideia é poupar, aposte em opções alternativas. “Use folhas de revistas para fazer fitinhas e pendure-as em barbantes, formando uma franja colorida. Fica lindo”, afirma a decoradora Mônica Loducca, do Atelier Arte em Retalhos.

Outra dica é encher balões com gás hélio – que faz as bexigas grudarem no teto -, amarrar tiras de papel ou fitas nas extremidades e espalhá-las pelo salão. “Mas meça antes para que as fitas fiquem na altura da cabeça das crianças”, indica a profissional.

Papéis com tonalidades vibrantes e cartolina são sempre bem-vindos. “Você pode criar máscaras e colares e, em seguida, incrementá-los com muita purpurina e lantejoula”, diz Mônica. Para Silvanna Duarte e Fabiana Veronez, do bufê Fanikito, nada como reunir os pequenos nessa hora e dar asas à imaginação. “Eles gostam de participar e podem ficar encarregados de pintar as máscaras (é fundamental comprar materiais atóxicos). Depois, organize um concurso para eleger a mais bonita. Sucesso garantido”, comentam.

Reaproveitar enfeites de outras ocasiões também é boa pedida. Basta repaginá-los. Pinte aquela cestinha que foi usada na festa junina ou os copinhos do Natal.

Não esqueça de dois ilustres convidados fundamentais para a ocasião: o confete e a serpentina. “Eles custam pouco e são os preferidos das crianças”, afirma Cássia. Caso você prefira colocar a mão na massa e desenvolver opções personalizadas também é possível com a ajuda de furador e papéis coloridos. “Os flúor vieram para ficar e fazem a diferença”, diz Mônica.

E não se esqueça de fazer uma seleção variada de músicas, incluindo as antigas e eternas marchinhas típicas da época.



Serviço:
Fanikito Atelier de Festas Artesanais
Rua Bueno Brandão, 382 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3044-4186/3842-6561

Mônica Loducca – Arte em Retalhos

Titina Leão
Tel: (11) 4612-9654/7281-7862

Viva Festa
Rua General Nestor Passos, 267 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 2231-1820








    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.