Misturar texturas com objetos etnicos pode garantir um toque de exotismo a composic?o. Se optar por este estilo, abuse das cores tipicas da savana africana

Exotico e com um toque natural. E possivel criar um ambiente inspirado nas cores e costumes africanos mesmo a milhas de distancia. Estilo africano literalmente, so mesmo na Africa. Mas podemos utilizar os conceitos fundamentais, como cores, texturas e padronagens, bem como tecidos e objetos, comenta o arquiteto Wair de Paula, diretor da Artefacto.

Mas para montar um espaco assim, e importante saber ambientar a proposta, criar o clima, compondo cores, materiais e texturas, e sempre cuidar com a dose certa, para n?o sobrecarregar, completa o arquiteto e designer de interiores Luiz Maganhoto. A regra aqui e n?o exagerar nos conteudos etnicos para n?o comprometer o efeito desejado.


Mix ousado

Desde que se faca uma composic?o harmoniosa, n?o ha regras sobre o que pode ou n?o ser misturado nesta decorac?o. E so buscar o equilibrio. Se voce se prop?e a assumir este estilo, ele deve ter uma porcentagem maior do que o restante da ambientac?o. Acredito sempre no bom senso, explica Maganhoto. A opini?o e compartilhada por Wair, que acredita que as misturas s?o bem-vindas.

Uma poltrona de epoca, revestida com um tecido africano ou com uma pele exotica, com padronagem fake tipo onca, tem um visual moderno. A arquiteta Janete Costa, por exemplo, costumava misturar o tema Africa com o art-deco com muita propriedade. Outra profissional, Ana Maria Vieira Santos, ja empregou em seus projetos banquetas com tecido africano em um ambiente pontuado por um lustre de cristal. Toda mistura e saudavel, desde que as pecas tenham boa procedencia e qualidade, complementa Wair.

Texturas e acessorios

Ao escolher os itens que v?o dar um tom africano a sua decorac?o, prefira aqueles com fibras e texturas. Tapetes, caixas, colares, cestos, mascaras e fotos em preto e branco com molduras de palha tambem s?o boa opc?o. Ja os tecidos com padronagens africanas podem ser aplicados sobre sofas, na forma de almofadas ou mantas, ou empregados no revestimento de um pufe ou cadeira.

Quanto as cores, os arquitetos citam mostarda, bege, areia, terracota, preto e caqui como as mais indicadas. De certa forma, lembram a savana africana e os animais selvagens, como oncas, tigres e girafas, lembra Maganhoto.


Para adaptar a casa

Se a ideia e dar apenas uma pitada do estilo africano a sua casa, bastam algumas alterac?es, como forrar caixas organizadoras com tecidos em estampa de onca ou zebra; revestir uma parede com palhinha ou mesmo com um papel que reproduza a textura natural; ou utilizar almofadas tematicas com padronagens de elefantes, le?es ou outros animais selvagens. Para complementar, escolha entre alguns acessorios, como esculturas e mascaras africanas.

Os dois arquitetos so discordam em um ponto: todos os ambientes da casa devem seguir esse padr?o ou pode-se ter, por exemplo, uma sala africana e um quarto de outro estilo? Acho interessante ter esse efeito surpresa em um dos ambientes da casa e seguir outra linguagem nos demais, diz Maganhoto

Ja Wair de Paula acha que a casa precisa ter certa unidade, para n?o parecer uma casa-evento, com cada espaco diferente do outro. Mas e claro que o living sempre demanda mais cuidados e nele se permite um pouco mais de desafios. Afinal, a gente recebe os amigos na sala e n?o no quarto, brinca.


Agora veja os ambientes decorados com inspirac?o na Africa!


Leia mais sobre: decorac?o africana


Agradecimentos:

Luiz Maganhoto: www.maganhoto.arq.br

Wair de Paula - Artefacto: www.artefacto.com

Moreno: www.morenointeriores.com.br

Safira Sedas: www.safirasedas.com.br

Katmandu: www.katmandu.com.br


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.