Saiba quais combinações de tapetes e sofás podem valorizar a sala de estar

Onde um está, o outro vem logo embaixo. A dupla sofá e tapete não se separa nunca e faz toda a diferença na sala de estar. Saber combiná-los, no entanto, é o principal desafio, pois boas escolhas são fundamentais para não pesar o ambiente, nem comprometer o orçamento. Antes de eleger aqueles que farão parte da decoração, vale definir qual elemento será o destaque principal.



“Essa medida é importante para evitar espaços carregados. Os dois não podem brigar”, afirma a designer de interiores Andréa Vivas. Se o sofá escolhido for listrado ou colorido, por exemplo, o tapete deve ser mais sóbrio. “O importante é fazer com que eles se completem”, diz.

As texturas também são decisivas e seguem o critério adotado para cores e estampas. “Evite fazer misturas exageradas. Se um elemento receber uma atenção especial, o outro terá de ser mais simples”, sugerem as decoradoras Adriana Scartaris e Samira Jarouche.

Entre tapetes e roupas

Para não errar nos tons, vale apostar em peças neutras, pois estão sempre na moda. “Deixe as cores vibrantes para os detalhes, pois elas podem cansar ao longo do tempo”, diz a arquiteta Vanessa Trad.

Uma boa alternativa para garantir a escolha correta é comparar tapetes e sofás com roupas do dia a dia. “Faça a seguinte pergunta: você usaria essas peças juntas? Se sim, pode escolher o modelo na vitrine e levar para a casa”, diz Andréa.

Os complementos também são importantes nesse contexto e dão vida ao cenário. “Mantas e almofadas não podem destoar e devem estar em sintonia”, comenta.

Conforto e harmonia

Na lista de tópicos a serem analisados não pode faltar um item em especial: conforto. “Não adianta comprar apenas pela estética, vale verificar a rotina dos moradores e o uso”, diz Vanessa.

Se estiverem no ambiente de estar, é essencial optar por peças aconchegantes e fáceis de manter – o mesmo vale para o home theater. “Nesses casos, evite sofás claros, pois sujam com facilidade”, alerta Adriana.

Lembre-se: o objetivo principal ao sair para as compras é colocar a harmonia em primeiro lugar. “Os elementos devem resultar numa composição que agrade os olhos, como tudo na moda”, conta Vanessa.

Assim como nas passarelas, a palavra que define a decoração de hoje é democracia. “Vale abusar da criatividade e inovar. A única característica que deve ser evitada é o exagero. De resto, dê asas à imaginação”, diz a arquiteta Andréa Parreira.

Espaços e medidas

Uma das regras básicas para um ambiente elegante é escolher um modelo de tapete que acompanhe a extensão do sofá. “O correto é sobrar 20 cm de cada lado. Por isso, um sempre depende do outro”, diz Andréa Vivas.

O modelo eleito também não deve ficar totalmente embaixo do móvel. “O ideal é deslocar o tapete até a metade do sofá”, diz Vanessa.

Outra característica importante para compor a dupla é o formato. “Em espaços menores, a dica é apostar em modelos redondos. Os quadrados são indicados para locais maiores e livres”, ressalta a arquiteta.

No entanto, antes de comprar um tapete é essencial ter todas as medidas do ambiente em mãos. “Não adianta sair à procura sem saber qual tamanho eles devem ter. Evite dores de cabeça e possíveis trocas.”

Aposte no mix

Caprichar nas composições e investir em misturas inusitadas são atitudes que estão em alta. “Porém, bom senso é primordial. Com esse cuidado, os resultados podem ser muito elegantes”, afirmam Adriana e Samira.

Outra opção é promover o encontro do novo com o antigo em plena sala de estar. “Peças vintage ou retrô podem ser combinadas com modelos contemporâneos, característica que confere um charme atemporal aos projetos”, explica a designer Andréa.

Apostar em diferentes estampas também vale. “Um sofá floral com tapete listrado pode ser uma boa opção. Tudo depende da escolha das peças”, diz a arquiteta Andréa Parreira.

Só tome cuidado com essas combinações:
- Sofá de seda + tapete rústico
- Tapetes com cores vibrantes + sofás megaestampados
- Sofás e tapetes com a mesma estampa
- Tapetes menores do que os sofás




Serviço:

Adriana Scartaris
Tel.: (11) 3955-1661

Andréa Parreira
Rua Porto Martins, 70 – São Paulo (SP)
Tel.: (11) 5505-1843

Andréa Vivas
Rua Miguel de Frias, 77 – Niterói (RJ)
Tel.: (21) 2613-5248

Gislene Lopes
Rua Timbiras, 138 – Belo Horizonte (MG)
Tel.: (31) 3281-4133

Marcelo Rosset
Avenida Angélica, 2503 – São Paulo (SP)
Tel.: (11) 3258-5905

Vanessa Trad
Rua Padre João Manuel, 222 – São Paulo (SP)
Tel.: (11) 3294-3600

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.