Se o espaço é pouco, é preciso ter ainda mais criatividade para decorá-lo sem deixar de lado o conforto e a estética

Não é porque uma sala é pequena que não se pode decorá-la de um jeito moderno, leve e bacana, com todos os móveis e acessórios necessários para que o local fique completo, gostoso e convidativo. Nesses casos, é possível lançar mão de alguns recursos que dão a sensação de amplitude e também optar por um mobiliário compacto, preservando a boa circulação entre as peças.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

Porque conforto, afinal, não é lotar um ambiente com tudo que se gosta, e sim criar um layout com o que é essencial. É importante não entulhar os espaços. Em salas pequenas, vale mais a pena criar um único ambiente do que dois menores, por exemplo. Caso contrário, perde-se área de circulação e visualmente fica tudo muito confuso, orienta a arquiteta Carla Dichy.

Determinar se um ambiente é pequeno ou não, no entanto, depende muito do uso que se faz dele. Na opinião da arquiteta Clélia Regina Ângelo, uma sala ou quarto podem ser considerados pequenos se tiverem em torno de 2 x 2 m. A melhor forma de otimizar a circulação nesses ambientes é utilizar móveis proporcionais e que possam ficar encaixados um no outro, como mesas de centro ou aparadores com pufes na parte de baixo, indica.

Outras opções são: cobrir uma parede com espelho; usar cores claras nos estofados, cortinas e paredes; além de mesas com tampo de vidro ou espelhadas, pois dão a sensação de amplitude ao local, além de leveza. Escolher móveis delicados, como uma mesa de centro baixa, bancos ou poltronas com estrutura enxuta também são é uma boa alternativa.

Anote as dicas

- Para não ter erro, o arquiteto Marcelo Rosset recomenda: Antes de comprar os móveis, é preciso fazer um estudo da planta, analisando todos os espaços, portas e janelas existentes;

- Para Marcelo Rosset, uma sala de estar com TV deve contar com um espaço de 55 a 60 cm entre o sofá e a mesa de centro; e de ao menos 2 m entre o sofá e a TV. Carla Dichy acrescenta que para uma TV de 29, a distância do sofá deve ser de 2,50 a 3 m, e para uma de 42, de 3,50 a 4 m;

- Segundo o arquiteto, o essencial em uma sala com TV é ter: Sofá, pufe ou mesa de centro, mesa lateral e uma TV presa à parede. Já a arquiteta Clélia Regina Angelo sugere o uso de mesas com pufes encaixados na parte de baixo e móveis com rodízios. Em alguns casos, o sofá pode ser substituído por almofadões ou pufes, completa Clélia;

- Para a arquiteta Carla Dichy, compensa mais criar um único ambiente quando o espaço é pequeno: Assim, o local parece maior, criando amplitude e limpeza visual;

- O melhor é optar por móveis com dimensões proporcionais ao ambiente: em uma sala bem pequena não dá para se usar um sofá ou uma poltrona enormes, enfatiza Carla.


Leia mais sobre: decoração de ambientes pequenos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.