Região milanesa concentra o melhor do design fora do salão internacional. Confira as peças que mais se destacaram

Localizada na região Norte de Milão, a antiga região industrial conhecida como Zona Tortona engloba ruas já famosas no roteiro da semana de design como a Via Tortona, onde estão o SuperStudio Piu, o Temporary Museum for New Design, o hotel NH - que sempre transforma seu saguão principal em área expositiva para novos designers - e diversos pequenos estúdios; a Via Savona, para onde se mudaram diversas marcas renomadas como Dedon e Cappellini; e Via Stendhal , onde está localizado o incensado estúdio de Tom Dixon .

Com a presença massiva de jovens designers e ainda sem contrato com grandes empresas, a região se torna um grande celeiro de novas ideias, protótipos e ousadias. Também é o ponto de encontro de artistas e coletivos de todo o mundo que aproveitam a efervescência da semana para mostrar seu trabalho ao público.

Neste ano, o grande destaque ficou por conta do trabalho de 53 jovens designers suecos, que expuseram coletivamente no estande Swedish Love Stories, montado num grande galpão. Trabalhos com madeira, fibra de celulose, peças recicladas , cerâmica e lã estavam entre as que mais chamaram a atenção no SuperStudio Piu.

Os materiais sustentáveis também estavam na base dos demais trabalhos que encantaram compradores e o público em geral durante os sete dias de evento. Confira na galeria de fotos um garimpo das peças mais interessantes.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.