Veja algumas dicas e produtos bacanas para entrar nessa nova onda

Nas feiras de decoração que aconteceram neste ano, um dos principais temas explorados foi a decoração indiana. Seja pelo sucesso do filme ganhador do Oscar Quem quer ser um milionário?, seja pela exibição da novela "Caminho das Índias", da Rede Globo, no mundo todo, a Índia é um dos assuntos mais comentados. Agora, a decoração inspirada no país está em alta, e ganhando mais adeptos a cada dia.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

Segundo Daniel Al Makul, diretor de marketing da Casa Fortaleza Vitrine, que viaja duas vezes ao ano para a Índia para desenvolver as coleções da empresa de tapetes, almofadas, tecidos e objetos, a decoração indiana pode ser reconhecida por seus afrescos e arabescos, assim como por cores fortes e vibrantes.

Pequenas peças fazem a diferença

Para começar a decorar a casa com este tema, ele indica peças isoladas, como almofadas, objetos feitos de chifres de búfalo ou osso de camelo e móveis rústicos. Tudo isso dá o tom da decoração. Você também pode abusar dos tapetes, pois tem características muito peculiares, neutros, coloridos, pêlo alto, shaggys, fibras naturais tingidas ou não, explica Al Makul.

O arquiteto Leonardo Junqueira sugere apostar em itens diferenciados. Além dos clichês, como os tecidos e cores fortes, o mosaico é um forte componente da decoração indiana, os móveis entalhados com aplicações de outros materiais, arandelas e riqueza dos acabamentos são os componentes mais importantes da decoração indiana, explica.

Aprecio os tecidos, as marchetarias do mobiliário, que podem acontecer em lindas cômodas e espelhos, com aplicações de madrepérola e marfim, estes em peças muito antigas, uma vez que hoje não são mais encontrados, conta o arquiteto.

Aposte nas cores intensas

Já a designer de interiores Karina Salgado, do escritório In House, recomenda que um ambiente de inspiração indiana tenha, sim, muitas cores intensas, tecidos leves e com brilho, como a seda e a organza. Os móveis geralmente são de madeira no mel, além de outros materiais como latão, estanho, porcelanas e espelhos. Um ambiente indiano é acolhedor e alegre, com vários objetos e almofadas, diz Karina.

Para ela, é exagero decorar todos os ambientes com este tema. Na cozinha, por exemplo, Karina sugere apenas uma ou outra peça, como uma fruteira, bancos e mesa. Os ambientes mais indicados para se tornarem espaços indianos são o quarto e a sala, diz a designer. Dá pra fazer um ambiente indiano sem exageros, somente com alguns detalhes nas almofadas, cortinas e alguns móveis, mesclando com sofás retos e outros objetos leves. O morador pode usar almofadas, cômodas, luminárias, tapetes, bancos em madeira, futons, espelhos, tudo isso contribui para uma decoração indiana, afirma Karina.

No entanto, é preciso tomar alguns cuidados para aderir a essa nova mania. O artesanato indiano é muito rico, portanto, o que vale é o equilíbrio do conjunto. Todos os ambientes da casa podem receber detalhes inspirados na Índia, mas sempre com parcimônia, independente de ser uma casa ou apartamento. Particularmente, não recomendo uma decoração inteira indiana, uma vez que nosso olhar não é acostumado a ela. Mas o bom profissional consegue equilibrar, e a mistura fica mais interessante do que fazer tudo no mesmo tema, diz Junqueira.

Sucesso na televisão

Para Marcelo Moreira, um dos sócios da loja Abitari, a novela "Caminho das Índias", da Rede Globo, reabriu este nicho na decoração. "Hoje existe um grande número de adeptos desta cultura. Já havia uma grande procura de artigos indianos, como esculturas e velas, muito antes da novela. Agora, com essa ampla divulgação da Índia e seus produtos, a procura aumentou, mas não acredito que seja apenas modismo. Possivelmente, haverá uma diminuição no consumo desses produtos indianos após o término da novela, mas mesmo assim ainda haverá demanda, pois são produtos muito bem trabalhados, ótimos objetos de design, afirma.


Leia mais sobre: decoração indiana

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.