No ano da fibra natural saiba diferenciar cada uma delas em móveis e objetos

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508191828&_c_=MiGComponente_C

Na contramão dos materiais sintéticos, como acrílicos e plásticos, que dominaram a cena nas décadas passadas, é o natural que passa agora ao posto de vedete. Fato que pode ser explicado pelo desenvolvimento do design e da tecnologia aplicada às fibras naturais, conferindo a este tipo de mobiliário um acabamento primoroso e com visual moderno.


Segundo José Armando Cerello, diretor da Armando Cerello (SP), loja de móveis de fibras naturais há mais de 100 anos no setor, "agricultores em todo o mundo colhem 35 milhões de toneladas de fibras naturais ao ano. Além de contribuir para a segurança alimentar e a erradicação da pobreza, sua extração e produção não agridem o meio ambiente.

Foi de posse de dados como este que a 61ª Sessão da Assembléia Geral das Nações Unidas determinou que 2009 seria o Ano Internacional das Fibras Naturais. O objetivo é conscientizar as populações do mundo todo dos benefícios trazidos pela utilização das fibras.

Bambu ¿ Na China, seu país de origem, o bambu simboliza a resistência e pode ser traduzido como filosofia de vida, pois se mantém firme o ano todo, porém flexível, sem nunca quebrar, apesar do vento e do peso da neve. Hoje em dia, é empregado desde a confecção de objetos decorativos até treliças e revestimento de parede.



Rattan ¿ É extraído de uma palmeira original da Índia e utilizado em tramas para tampos de mesa e fechamentos de móveis.

Junco ¿ Encontrado em abundância no Pará e na Amazônia, tem caules flexíveis, empregados na confecção de adornos, acessórios e acabamentos de móveis.



Vime ¿ Original da Europa, Ásia e África é a mais popular e uma das primeiras fibras naturais a ser utilizada em objetos decorativos. Trata-se de uma casca retirada dos ramos de uma árvore da família do salgueiro ou chorão.

Sisal ¿ O Brasil e a Tanzânia concentram as maiores plantações desta fibra, que é largamente empregada na confecção de tapetes.



Taboa ¿ Com suas folhas secas são feitos trançados para tapetes e revestimento de móveis.

Apuí ¿ Uma das mais novas fibras utilizadas na produção de móveis. Resistente e flexível é ideal para móveis com formas curvilíneas, sendo muito utilizada em cadeiras para salas de jantar.



Málaca
¿ Muito resistente, essa fibra chegou a ser utilizada na estrutura de pontes no Oriente. Hoje é aplicada na estrutura de móveis.

Seagrass ¿ Também conhecida como grama do mar, é comum na China e Filipinas. Suas fibras secas têm propriedades acústicas e térmicas. E, em geral, são aplicadas no revestimento de móveis.




Veja mais sobre móveis com fibra natural .

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.