Conheça algumas regras básicas para colocar objetos decorativos sobre a mesa de centro, a lateral e o aparador

Marcelo Rosset escolheu o trio abajur, livro e vaso baixo para a mesa lateral
Divulgação
Marcelo Rosset escolheu o trio abajur, livro e vaso baixo para a mesa lateral
O abajur sempre deve ficar na mesa lateral? Castiçais são exclusivamente para o aparador? Estas e outras dúvidas são comuns quando o assunto envolve a grande quantidade de objetos de decoração disponíveis hoje em dia.

Por isso, recorremos a profissionais acostumados a solucionar esse tipo de quebra-cabeça para dar dicas de como deixar a casa bonita, sem exagerar na dose de enfeites.

“Em um ambiente com os três móveis: mesa de centro, lateral e aparador, os objetos devem ser escolhidos de maneira harmoniosa, de modo que cores e texturas conversem entre si”, afirma o arquiteto Marcelo Rosset.

Mas isso não significa que eles devam ser iguais. A arquiteta Clélia Regina Angelo aprova a combinação de palha com vidro, por exemplo, mas tudo depende do estilo de decoração de cada casa. Para minimizar as chances de erro, eleja um ou dois objetos de destaque para cada móvel e componha com outras peças neutras, criando volume e simetria. “Mostre que eles não foram colocados aleatoriamente ali”, diz a arquiteta Silvia Brawerman.

Para a mesa de apoio, um abajur e um porta-retrato são boas opções, mas lembre-se de deixar um espaço de sobra para que a peça exerça a sua função original. Dispor os objetos em uma sequência de tamanhos – do maior ao menor – é outra alternativa. “No caso do ambiente ter duas mesas laterais, coloque um abajur na mais baixa e um vaso longo com muitas flores na mais alta”, indica Rosset.

Elementos baixos na mesa de centro

No projeto de Silvia Brawerman e Sofia Smaletz, a mesa de centro exibe um prato e três peças baixas
Divulgação
No projeto de Silvia Brawerman e Sofia Smaletz, a mesa de centro exibe um prato e três peças baixas
Quando a arrumação chegar à mesa de centro, priorize elementos não muito altos, para que eles não interfiram no campo visual de quem estiver sentado ao redor.

Boas opções são livros de arte arrumados ao lado de vasos baixos e belos cinzeiros. “Ou ainda pratos decorativos de vidro, que ocupam um espaço considerável, sem criar interferência visual”, afirma o arquiteto.

Reserve os objetos altos, como castiçais e vasos, para o aparador, de modo que eles combinem com o quadro ou a moldura do espelho fixado atrás deles. “Procure posicioná-los em pares”, indica a arquiteta Sofia Smaletz.

Na hora de combinar cores, é possível caminhar por dois caminhos distintos: combinar os objetos decorativos com almofadas, tecidos e tapetes ou dar destaque a uma ou outra peça de cor mais viva. Nesse caso, tome cuidado para não exagerar e criar uma competição por atenção na decoração.

Serviço:
Marcelo Rosset – www.marcelorosset.com.br
Silvia Brawerman e Sofia Smaletz - (11 3666-5371)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.