Conheça os segredos de organização de quatro pessoas apaixonadas por reunir peças divertidas, raras e inusitadas

Flavio Moraes/Fotoarena
Coleção de pinguins de Gilberto Elkis
Eles são bem-sucedidos, gostam de receber os amigos em casa e, de quebra, têm uma mania em comum: colecionar . Os itens são variados, vão desde chapéus estilosos a garrafinhas de refrigerante.

“É uma paixão indescritível. Sempre que posso vou atrás de novidades e ganho muitos presentes também”, afirma a arquiteta Brunete Fraccaroli , que coleciona bonecas Barbie e charmosas garrafinhas de água. Para armazenar todos os itens, ela diz que é fundamental ter um espaço destinado apenas para eles. “Pode ser um móvel ou até mesmo um ambiente da casa exclusivo. Essa disposição evita a temida bagunça.”

Planejar uma estante também pode ser uma boa saída. “Ela deve ser funcional e do tamanho do seu amor pelos objetos”, afirma o paisagista Gilberto Elkis , que reúne pinguins e chapéus que trouxe do mundo inteiro. Outra dica fundamental é fazer uma limpeza frequente no espaço. “Evite o acúmulo de poeira, que pode danificar as peças”, recomenda Brunete.

Soluções criativas para armazená-las também são sempre bem-vindas. “É fundamental saber aproveitar a área disponível para organizar a coleção. Vale dar asas à imaginação e caprichar”, diz a arquiteta.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.