Está em dúvida sobre que modelo ficará melhor nas janelas da sua casa ou mesmo qual pode ser o tecido mais indicado? Então anote as dicas de duas especialistas em cortinas

As cortinas, antes de tudo, funcionam como um filtro de luz e de poeira, retendo nas tramas de seu tecido a poluição presente no ar que chega à janela. Portanto, sua presença vai muito além da estética. Dos tecidos aos acessórios, as opções são muitas e é bem comum surgir a dúvida antes de fazer a sua encomenda. Para facilitar, comece pelo estilo que mais combina com o ambiente. Assim, você já descarta várias possibilidades. 

VEJA A GALERIA DE FOTOS

Se você é do tipo mais romântico, vai se encantar com modelos fartos e volumosos, com xales de veludo e pingentes. Mas se a preferência é pelo padrão moderno, então esqueça o excesso de detalhes, como franjas e bandôs.

Nesse caso, a sua cortina levará pouco tecido e um mínimo de adornos. Segundo Paula Coussirat, da Duetto Decorações, os tecidos mais indicados para a confecção de cortinas leves e atuais são versões com filamentos metalizados misturados com outras fibras, como linho, voal e seda. "Este filamento dá um ar moderno ao tecido", sugere. 

Para a Diretora de Marketing da Casa Mineira, Rosamaria Costa, a microseda e os linhos sintéticos, que não amassam e são resistentes ao sol, também são boas escolhas. Entre as novidades, Paula cita ainda as organzas com estampas e tramas diferentes.

Cálculo matemático

E para calcular a quantidade de tecido necessário, Paula ensina uma fórmula básica: "A medida da largura da cortina pronta deve ser multiplicada por dois. Assim, temos a quantidade de alturas. Este número, por sua vez, deve ser multiplicado pela altura da cortina pronta e acrescido de 0,60 m (para barra e cabeça). Outro cálculo, indicado por Rosamaria, leva em conta uma altura de cortina a cada 50 cm da parede onde se quer instalar.

Já os sistemas de sustentação podem ser o tradicional trilho, o varão com ilhoses ou argolas ou mesmo um fio de aço. "No trilho, se o modelo for com prega fêmea, pode-se fechar a prega com um botão legal, uma pedra de cristal ou um bordado em cor diferente", indica Paula. No caso de ilhoses, são peças de metal redondas ou quadradas presas no próprio tecido, por onde passa um varão de metal cromado. "São bastante usados ainda, pelo estilo moderno e clean", diz a proprietária da Duetto. 

Porém, alguns especialistas dizem que tanto os ilhoses como os passantes feitos com o próprio tecido, seja uma bainha ou em faixas, em geral dificultam a abertura da cortina, pois o tecido costuma emperrar. Os trilhos com rodízios e os varões com argolas, por sua vez, facilitam a tarefa.

Mas existem diversas possibilidades também bacanas, como um conjunto de argolas, varão e ponteiras de metal cromado: "São as mais pedidas", segundo Rosamaria. Para quem quer dar um diferencial à cortina, Paula recomenda ponteiras revestidas em couro e acabamento cromado ou mesmo varões com design especial, com o formato quadrado com revestimento de couro. 

Super clean

No entanto, se você acha que quanto mais limpo o visual, melhor o resultado, então vai preferir modelos com o trilho embutido em um cortineiro de gesso, que muitas vezes é a continuação de um rodateto ou o aproveitamento de um rebaixo de gesso.

Essas opções, entretanto, valem para quem pretende mexer no forro de gesso do ambiente. Outra alternativa bastante em alta é emoldurar a cortina dentro de uma espécie de caixa de madeira, que deve ser executada em marcenaria e que, em geral, recebe acabamento em laca branca.

Quanto às variações, cortinas com barrado largo em tecido diferente do corpo, em tom marcante, continuam na moda. Outro modelo diferente, que fica bem tanto em dormitórios quanto em livings, é a cortina de organza estampada com listras ou poás para o fundo e xales em tecidos lisos com cores mais fortes, como seda ou linho. Quem indica é Paula Coussirat. 

Já o comprimento, deve ser sempre o longo, mais elegante na opinião da maioria dos decoradores. Além disso, uma cortina longa, até o chão, parece aumentar o pé direito do ambiente. E a largura pode ser 15 a 20 cm a mais dos lados do caixilho, para cobrir bem os vãos laterais, impedindo a entrada de luz.


Leia mais sobre: cortina


Onde encontrar
Duetto Decorações - Tel. (11) 2950-2340
Casa Mineira ¿
www.casamineira.com

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.