Muito procurados, os muranos voltam à moda com suas cores e formatos exuberantes

Murano é todo vidro realizado na ilha de Murano, na Itália
Divulgação
Murano é todo vidro realizado na ilha de Murano, na Itália
Murano, em sua definição mais estrita, é o vidro produzido na ilha de mesmo nome, vizinha à cidade de Veneza, na Itália, onde a técnica para criar verdadeiras jóias de vidro passa de geração em geração, desde o século 12.

Veja também:
Vasos invadem o jardim
Um vaso com a sua cara
Fique atenta ao vaso

A tradição ganhou impulso a partir de 1291, quando os artesãos foram obrigados a sair de Veneza e se instalar na pequena ilha, devido ao risco de incêndio, já que a esmagadora maioria dos edifícios da cidade era construída em madeira . De lá para cá, o fascínio que essas peças exercem só cresceu.

Queridinho dos profissionais da decoração, os vasos , conchas, centros de mesa e abajures de murano têm o poder de enriquecer qualquer ambiente, graças à grande quantidade de formatos e cores inusitadas.

Como explica, Alcy Godoy, diretora da Benedixt, “murano é todo vidro realizado nas mais variadas técnicas - fundido, soprado, moldado, entre outros -, feito na ilha de Murano, na Itália.” Assim, não existe murano brasileiro, já que receber o nome há uma condição de localização e não de técnica.

A eterna beleza dos muranos

“O mais correto seria dizer que há peças de vidro nacional com inspiração da ilha de Murano, como por exemplo as famílias que migraram da Itália e usam as técnicas no Brasil, tais como a Molinari, a família Seguso, Cristais São Marcos, todas em Poços de Caldas”, explica Alcy.

Coisa de colecionador

O caráter artesanal de cada peça fez com que surgissem muitos colecionadores de murano em todo o mundo. Para eles, o vidro não é simplesmente uma peça decorativa, mas um objeto de arte. Alguns desses itens, dependendo da antiguidade, da técnica e do artista que o produziu podem custar verdadeiras fortunas.


Para saber mais sobre decoração:

Siga o Delas no Twitter
Curta a página do Delas no Facebook

“Temos grandes nomes de marcas, que são os sobrenomes das famílias, já que o ofício passa de uma geração a outra”, explica Alcy Godoy. Entre os mais famosos estão Barbini, Toso, Carlo Moretti, Ercole Moretti e Venini.

Escolher a peça ideal depende do gosto pessoal ou da ambientação em que ficará exposta. Mas uma fonte de luz adequada no local sempre ajuda a valorizar muito mais a peça.

Serviço:

Benedixt
Rua Haddock Lobo, 1.584
Tel: (11) 3081-5606

Ícone Casa
Av. República do Líbano, 1.789
Tel: (11) 5051-8263

Sierra SP
R. Teodoro Sampaio, 1633
Tel: (11) 3082-3433

Tania Bulhões Home
Rua Colômbia, 270
Tel: (11) 3087-0099


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.