Karina Vargas

Tudo se transforma

Karina Vargas é formada em design de interiores e moda. Sua paixão por peças antigas e pela busca de novas combinações deu origem ao Estúdio Glória (estudiogloria.com.br)

A volta dos bufês

Combiná-lo com a mesa ainda é cafona, mas com novos usos, o bufê volta a ter destaque na decoração

22/06/2011 07:55

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

O bufê foi peça obrigatória nas salas de jantar até os anos 80, mas com os conceitos de moda invadindo a decoração, ele se tornou uma peça cafona, pois junto com a mesa e a cadeira eles formavam o “conjunto de jantar” e onde já se viu combinar mesa com bufê, não é?

 Isso foi o fim para essas peças que eu tanto gosto. Rapidamente, os bufês desapareceram das salas e foram substituídas por aparadores. Mas nada como o tempo para resolver mais uma das injustiças que ocorreram na história recente da decoração.

Foto: Divulgação

Hoje, os bufês voltaram a ganhar destaque e os feitos nos anos 40, 50 e 60 são ótimas opções

Hoje, os bufês voltaram a ganhar destaque e, claro, os feitos nos anos 40, 50 e 60 são os meus preferidos. Fazer o jogo com a mesa ainda é cafona, mas fica lindo misturar uma mesa moderna com um bufê antigo. Eles também assumiram outras funções e ficam superbacanas quando usados como móvel de TV, bar ou mesmo guarda-louça no corredor.

Assim como qualquer móvel antigo, os bufês geralmente são lindos e têm ótima qualidade de matéria-prima. Já restaurei peças de jacarandá ou caviúna que ficam simplesmente maravilhosas.

Entre uma peça nova ou usada, não tenho dúvidas em escolher a segunda opção. Além de muito mais charmoso, o fato de estar reaproveitando um móvel é uma atitude sustentável e que está ainda mais na moda. Por isso, não hesite e vá agora atrás do seu bufê. Eles estão cada vez mais raros, mas ainda é possível encontrar peças lindas por aí.

 

Veja mais sobre decoração no
Twitter do Delas

 

 

 

Sobre o articulista

Karina Vargas - jbianchi@ig.com - Karina Vargas é formada em design de interiores e moda. Sua paixão por peças antigas e pela busca de novas combinações deu origem ao Estúdio Glória (estudiogloria.com.br)

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo