Cores sóbrias e móveis clássicos franceses surpreendem na decoração da residência do estilista Valdemar Iodice

Quem vê o estilista Valdemar Iodice e toda modernidade, elegância e criatividade que rodeiam a marca que leva seu sobrenome nem imagina que seu refúgio pessoal seja marcado por móveis clássicos, tapeçarias francesas, cores sóbrias e um inconfundível toque renascentista.

O estilo franco-italiano está por toda parte na cobertura duplex, localizada em bairro nobre de São Paulo, onde mora há 15 anos. Das paredes cor ocre com tijolos antigos comprados na loja Velhão, na Serra da Cantareira, em São Paulo, às colunas construídas na área de lazer do apartamento.

“Quis fazer uma homenagem aos meus familiares que vieram de uma cidade perto do mar Adriático, no sul da Itália, chamada Barletta”, diz o estilista, que participou de cada detalhe na construção e decoração de seu lar. “Não queria correr o risco de ter que quebrar paredes ou desmontar um cômodo depois de pronto.”

Organização garante privacidade e conforto

O estilo franco-italiano está por toda parte na cobertura duplex do estilista Valdemar Iodice
David Santos Jr / Foto Arena
O estilo franco-italiano está por toda parte na cobertura duplex do estilista Valdemar Iodice
Para garantir a privacidade da família, Iodice optou por separar totalmente a área social, da íntima. Enquanto a primeira fica na cobertura, a segunda ocupa todo o último andar do edifício. Dividida em quatro ambientes, a grande sala surge iluminada e arejada para dar as boas-vindas a quem chega.

Fechada para aumentar o espaço e dar ao apartamento um ar de casa, a varanda é o primeiro ambiente visto e conta com a presença de um dos grandes xodós do estilista, uma estátua de bronze comprada no mercado de pulgas, em Paris.

“Fiquei tão encantado com essa peça quando a vi, que não me importei com o valor econômico, coloquei-a embaixo do braço e percorri toda a feira francesa”, lembra Iodice.

Do lado esquerdo, a sala de jantar conta com parede espelhada que amplifica o lugar e reflete a sala de estar, onde a tapeçaria trazida do Vale do Loire faz as vezes de quadro. O sofá, feito sob medida em 2007 pela Pascoal Ambrósio, reforça o estilo clássico da residência.

No fundo da cobertura, uma grande área de lazer imita fielmente uma vila italiana. Em volta das janelas, arcos e colunas feitos com tijolos antigos fecham o ambiente que possui churrasqueira, piscina e um jardim decorado pelo paisagista napolitano Ítalo Mutarelli, amigo de Iodice.

Quartos readaptados

O acesso à área íntima, no andar de baixo, é feito por uma escada em caracol localizada no centro da sala de visitas. É no fim dos degraus que se encontra a sala de TV e o escritório do estilista.
“Este é o espaço que costumo ficar quando estou em casa. Além de descansar, encerro os trabalhos que não consegui terminar na empresa, durante o dia”, diz Iodice.

Assim como no piso superior, o estilo clássico prevalece na decoração. Um friso de gesso emoldura o teto em todos os ambientes, onde prevalecem portas e móveis patinados.

Inicialmente planejada para abrigar o estilista, sua esposa e o três filhos do casal, o apartamento passou por algumas mudanças ao longo dos últimos anos. Um dos quartos deu espaço a uma miniacademia, com direito a esteira, bicicleta ergométrica e colchonetes para exercícios. Outro deverá ser destinado ao futuro netinho, filho de Alexandre Iodice e Adriane Galisteu.

Na suíte do estilista, o ouro velho prevalece em todos os detalhes, das almofadas e cortinas até os móveis, abajures e frisos. “Nem meu quarto foi poupado do clássico. Quis caracterizar todas as peças de decoração, revestimentos e ambientes com este estilo que reinou na Europa entre fins do século XIII e meados do XVIII”, diz Iodice.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.