Texturizados, resistentes e antiderrapantes, os revestimentos porcelâmicos se destacam

Alta definição é a palavra-chave para a nova geração de porcelanatos apresentados na mais recente edição da Expo Revestir (Feira Internacional de Revestimentos), realizada nesta semana, em São Paulo. Cada vez mais personalizado e com novas propostas, o revestimento porcelânico busca diferencial nos detalhes: relevos característicos de peças naturais como mármore, granito e marfim, e texturas próprias dos papéis de parede.

Saiba mais: Revestimentos que fazem diferença

Ranhuras facilitam o escoamento de água e dão caráter antideslizante ao revestimento
Divulgação
Ranhuras facilitam o escoamento de água e dão caráter antideslizante ao revestimento
Além das novidades estéticas, os lançamentos na área também mostraram versatilidade no tamanho. Para atender a um leque maior de propostas em decoração e se aproximar de formatos tradicionais, as empresas têm aumentado o investimento em peças com novas medidas , como o modelo de 20 cm x 1,20 cm, da Portinari.

A marca também apostou na impressão digital para desenvolver a linha Wallpaper HD, com estampas (e até texturas) típicas de papéis de parede. Ainda sob a ótica da reprodução, os destaques foram para os revestimentos porcelânicos que imitam metais oxidados e pisos cimentícios. Na linha Eco Náutica, da Portinari, a aposta foi usar aparência da madeira de embarcações antigas, o que resultou em um efeito rústico e com leve brilho molhado.

O uso de texturas nos modelos contribuiu para aumentar o grau de aderência. No porcelanato acetinado da Lanzi, na linha Ecodeck, a aparência de madeira ganhou ranhuras que melhoraram o escoamento de água, tornando a peça antideslizante. Outro destaque foram os revestimentos importados da Apavisa. Na linha Art Concept, a superfície das peças pode ser ondulada de cinco maneiras diferentes.


Assim como nas passarelas, o brilho mostrou sua força e já começou a aparecer em quantidade nos revestimentos . Para acompanhar a tendência, a Apavisa lançou uma linha de porcelanatos com sais metálicos e inovou ao usar aparência fosca-metalizada nos modelos.

Quem também buscou um diferencial com a nova estética foi a Gyotoku. Na linha Paris Sense, brilhos discretos deram efeito delicado aos porcelanatos e a linha Paris de Luxe finalizou a proposta com texturas de renda.

Siga o iG Delas pelo Twitter e assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.