Arquitetura e serviço se unem para compor o clima descontraído na loja Patrícia Centurion

A combinação de luz artificial e natural em diferentes intensidades foi o ponto de partida do projeto criado pela arquiteta Carolina Rocco para a nova loja da joalheira Patrícia Centurion, em São Paulo.

Dividida em dois andares e recortada em ambientes intimistas, a loja foi desenvolvida para ser um local onde os clientes interagissem com as joias, com atendimento personalizado e independente.

“A Patrícia quis fazer uma loja que fosse de fácil acesso”, diz Carolina. A solução veio com a interação entre a arquitetura ampla e o serviço, no qual cada cliente recebe uma bandeja de veludo para separarem pessoalmente as peças que mais lhe interessam.

A delicadeza do ambiente foi obtida com a presença da madeira amêndola maciça no piso e paredes. Uma dela, revestida de espelho, ajuda a dar sensação de amplitude ao ambiente, que combina tubos de vidro - onde são expostas as joias - com a leveza e transparência das cadeiras Meridianas, do designer Christophe Pillet. No teto um mosaico disforme de cores - verde, cobre, cinza, titânio e zinco – quebra a monocromia.

No andar de cima, dois lounges e uma varanda com jardim vertical de samambaias servem não apenas às clientes, mas a manifestações de desfiles, exposições e workshops.

“Apesar de ser uma loja com objetos valiosos e monitoramento 24 horas, nada é passado para as clientes, o clima não é de medo e sim de tranqüilidade, como se elas estivessem em suas próprias casas, se arrumando para sair.”

Serviço
Patricia Centurion

Alameda Lorena, 1611, cj 111 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3081-1548


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.