Inspire-se em 9 projetos para fazer uma real sessão pipoca durante a cerimônia

Imagine assistir aos grandes ganhadores do Oscar 2011 em clima de cinema? Ou então reunir a família e os amigos para desfrutar de um bom filme ou um show especial no DVD? Cada vez mais modernos e sofisticados, os aparelhos de som e imagem - unidos a uma decoração apropriada e aconchegante - garantem um verdadeiro e delicioso cinema dentro de casa .

Ao contrário do que se pensa, não é preciso ter um espaço imenso para projetar um home theater e nem instalar os melhores e mais sofisticados aparelhos eletrônicos. Segundo a arquiteta Deborah Roig, com apenas 9 m² é possível fazer um ambiente confortável e eficiente. “O mais importante é prepará-lo adequadamente”, diz Deborah.

Houve época em que colocar televisão na sala – destinada apenas a assistir novelas – causava má impressão aos convidados, uma vez que dividia a atenção. Hoje, ter uma televisão por perto agrega valor, uma vez que durante um jantar , por exemplo, é possível usá-la como fundo para mostrar fotos ou um bom show. Para isso, segundo a arquiteta Vivian Coser, é preciso trabalhar com ambientes integrados , o que além de ampliar o espaço , permite que em todos os lugares seja possível visualizar a atração.

“Agregar o home theater a um living ou até mesmo à área social da casa, formada por salas de estar e de jantar, além de varanda gourmet , é uma ótima opção”, explica Vivian, que utilizou essa estratégia para compor o projeto de um home theater de um apartamento em Vitória (ES).

A arquiteta Vivian Coser integrou o home theater aos espaços sociais do apartamento de Vitória (ES)
Divulgação
A arquiteta Vivian Coser integrou o home theater aos espaços sociais do apartamento de Vitória (ES)


Porém, segundo o arquiteto Marcelo Rosset, para as pessoas mais puristas em relação ao som, o ideal é ter o home theater em um ambiente fechado. “Quanto mais aberto for o espaço, mais ele se propaga, perdendo um pouco da sensação de cinema de verdade”, explica Rosset. Nesse caso, o arquiteto sugere usar um cômodo da casa exclusivamente para esse fim.

Atenção na metragem
Outro aspecto importante na hora de montar um home theater em casa é ficar atento às medidas e distâncias. “É totalmente desconfortável ter uma televisão de 100 polegadas em uma sala de 10 m² ou uma tela muito pequena em um espaço extenso”, diz a arquiteta Vivian Coser.

Conforto acima de tudo
De nada adianta ter os melhores equipamentos eletrônicos, com avançados subwoofers, se os móveis não garantirem conforto. “ Sofás grandes e largos com recurso de assento extensível, que se transformam em chaise long, são ótimas opções para desfrutar um bom filme por horas”, afirma Deborah Roig.

Mas, se a sala for muito pequena, a melhor opção é colocar um pufe no centro, que também poderá servir de apoio para os pés, assim como no projeto do arquiteto Marcelo Rosset, que fez do acessório uma extensão do sofá.

A arquiteta Clélia Regina Angelo apostou na cor cinza escuro para compor o home theater
Divulgação
A arquiteta Clélia Regina Angelo apostou na cor cinza escuro para compor o home theater
A escolha dos revestimentos também é um ponto importante. Segundo a arquiteta Clélia Regina Ângelo, os tons mais claros e o branco devem ser evitados, uma vez que podem atrapalhar na imagem da televisão. “Cores escuras, como cinzas, marrons e pretos, são as mais indicadas”, complementa.

Além disso, estofados revestidos com tecidos mais robustos como o veludo e o chenille ajudam na acústica e na menor propagação do som, assim como o uso de tapetes , carpetes e cortinas no ambiente.

Iluminação
Para evitar grandes contrastes entre sombra e claridade, o ideal é trabalhar com iluminação indireta. Arandelas nas paredes laterais e luminárias embutidas são boas opções. “A dimerização, que controla a intensidade das luminárias, também é um ótimo investimento”, diz Marcelo Rosset.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.