Edifícios projetados por grandes nomes da arquitetura moderna estão espalhados pela capital financeira dos Estados Unidos

The Empire State Building, símbolo da riqueza do Estado de Nova York
Getty Images
The Empire State Building, símbolo da riqueza do Estado de Nova York
A arquitetura de Nova York, nos Estados Unidos, vai muito além do Empire State e da Estátua da Liberdade. Há diversas edificações que roubam a cena. Os arranha-céus espelhados são os mais famosos e dividem espaços com as igrejas de estilo gótico. “Os prédios imponentes traduzem o dia a dia da cidade, marcado por muito trabalho e cercado por empresas”, explica Frederico Flósculo, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (Unb).

Um dos edifícios mais conhecidos é a Torre Hearst, projetada pelo arquiteto inglês Norman Foster. Entregue em 2006, ela possui 182 m de altura e está na Oitava Avenida, uma das mais movimentadas da metrópole. Antes de começar o trabalho, o profissional estudou o antigo edifício de seis andares que existia no local e optou por usá-la como base para mais 42 andares, criando um verdadeiro encontro do passado com o futuro. A fachada é composta por diversos triângulos de vidro e esqueleto metálico.

Inclua no roteiro

Nova fachada do MoMA, em Nova York, reformulada por Yoshio Taniguchi
Divulgação
Nova fachada do MoMA, em Nova York, reformulada por Yoshio Taniguchi
Reserve um dia para conhecer a beleza do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMa. “É uma das construções mais bonitas da cidade e chama atenção pela transparência”, comenta o arquiteto Saul Vilela.

O prédio original é de 1939 e foi planejado pelos arquitetos Edward Durell e Philip Goodwin. Recentemente, a sede foi reformada pelo arquiteto japonês Yoshio Taniguchi, que planejou traços minimalistas e uma fachada que se destaca pela leveza.

São 11.600 m² repletos de obras que vão desde pinturas de Pablo Picasso a latinhas de sopa remodeladas pelo artista Andy Warhol. Os espaços são amplos e o pé-direito soma 33 m banhados por muita luz natural.

O famoso jardim das esculturas, planejado por Philip Johnson nos anos 1960, foi preservado e é o coração do museu.

Fica a dica

Um dos principais prédios de Nova York é o Museu Guggenheim, projetado pelo arquiteto Frank Lloyd Wright e entregue em 1959. É famoso por seus níveis de concreto circulares, que lembram espirais. O interior é marcado por paredes curvas e uma grande claraboia de vidro trabalhado no teto.

Outra atração é o Residencial 100 11th Avenue, planejado por Jean Nouvel. O edifício é a obra mais recente do arquiteto na cidade e fica às margens do Rio Hudson. Um dos destaques é a fachada curva envidraçada, que parece um mosaico. Os panos de vidro foram aplicados em diferentes angulações e refletem a luz e as cores das ruas.

Vale saber

O Central Park é o primeiro parque planejado nos Estados Unidos. Foi idealizado por Calvert Vaux e Frederick Law Olmsted em 1859, que procuraram reproduzir o estilo romântico inglês, com campos abertos e amplos.

Para dar vida ao projeto de paisagismo, foi necessário reunir um time de 20 mil trabalhadores e cerca de 270 mil árvores e arbustos. Atualmente há um mapa disponível para os visitantes com diversas atrações relacionadas à arquitetura. Destaque para The Arsenal, construção que lembra um castelo medieval, e para as esculturas dos personagens do filme Alice no País das Maravilhas.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.