Vidro leva contemporaneidade e suavidade à casa projetada por Monica Druker

Uma casa de 1 mil m², com amplos painéis de vidro e grandes aberturas que convidam a luz e a natureza ao redor a entrar. Assim é o projeto residencial criado pela arquiteta Monica Drucker em São Paulo. Sorte dos moradores, um casal de empresários e seus dois filhos, que podem desfrutar da arquitetura encantadora, marcada pela transparência e integração dos ambientes, e da tranqüilidade transmitida pelo exuberante jardim que praticamente entra na casa pelas paredes de vidro.



“O sonho dos proprietários era uma casa integrada e aconchegante. Além disso, os ambientes de convívio social e lazer deveriam constituir um espaço com fluidez e continuidade”, afirma a arquiteta.

Nobreza nos revestimentos

As boas-vindas à casa é dada por uma imponente e charmosa porta com estrutura de alumínio, fechamentos em MDF e revestimento em madeira cumaru envelhecida, que se abre para a sala de estar. “A proposta para esse ambiente era conectá-lo aos cômodos mais próximos, como sala de jantar e home theater.”

Os revestimentos foram escolhidos a dedo por Monica. Para o piso, optou por mármore travertino levigado romano, que acrescenta ainda mais sofisticação. Nas paredes, empregou tinta acrílica branca, garantindo luminosidade ao espaço que tem uma bela vista para o pavimento térreo e boa parte do jardim.

O mobiliário (da Atrium) acompanha a linguagem contemporânea proposta para a arquitetura e proporciona o aconchego exigido pela área de estar, afinal, nada melhor do que relaxar em um dos sofás ao som do piano.

A sala de almoço segue a mesma proposta dos outros ambientes e foi posicionada estrategicamente perto da cozinha para facilitar as refeições corriqueiras. Os móveis são da Atrium e a elegante luminária instalada sobre a mesa, da Punto Luce. Ao fundo foi instalada a caixilharia de vidro de 10 mm de espessura, emoldurada pela estrutura de alumínio, que recebeu pintura eletrostática e textura de aço inox, especialmente desenvolvida para o projeto.

Transparência e integração dos ambientes marcam o projeto da arquiteta Monica Druker
Divulgação
Transparência e integração dos ambientes marcam o projeto da arquiteta Monica Druker
Privacidade junto ao verde

No segundo pavimento foram distribuídas as quatro suítes, a fim de garantir privacidade à família. O dormitório de um dos filhos do casal está situado na fachada oposta a da piscina e tem ligação direta com uma área ajardinada do terreno.

“A porta balcão oferece maior iluminação e ventilação natural, além de garantir amplitude visual ao quarto, o que o deixa mais aconchegante. Ela também é responsável por ligá-lo ao terraço com jardim, que se transforma em um local de contemplação da paisagem urbana”, diz Monica.

Área de lazer se une à casa

A piscina retilínea surge majestosa em meio à área verde. O espaço para mergulhos, com 34,56 m² e 1,40 m de profundidade, foi revestida com pastilhas de vidro na cor vidro real e azul turquesa , contrastando com as cores claras da arquitetura.

Para completar a área de lazer foi construído um charmoso gazebo de estrutura metálica e pintura eletrostática branca, que confere durabilidade e resistência contra intempéries. A cobertura também foi feita com vidro, perfis de alumínio e ripados de madeira cumaru, que atenuam a incidência de raios solares e garantem uma agradável sombra. Ali, há uma churrasqueira de aço inox (Viking), instalada diretamente na bancada.

“Alem disso, o piso de mármore travertino do interior avança pela varanda e chega até a piscina e o gazebo, criando uma conexão entre os elementos externos e o corpo principal da casa.”

Serviço:

Monica Drucker
Av. Angélica, 1761, conj. 123 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3231.4441

Alalou Paisagismo
Rua Fidalga, 89 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3032.5000

Atrium
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 650 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 306.4383

Punto Luce
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 934 – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3064.6977


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.