Conheça as casas e edifícios vencedores do prêmio do Instituto de Arquitetos do Brasil, de São Paulo

O Instituto de Arquitetos do Brasil de São Paulo (IAB-SP) premiou na sexta-feira (10), no Museu da Casa Brasileira, os melhores projetos de arquitetos, paisagistas e designers realizados entre o final de 2008 e 2009. O prêmio, que ocorre desde 1968, contou, neste ano, com sete categorias diferentes: Urbanismo, Paisagismo, Edifício - Obras Construídas, Edifício - Projetos, Habitação de Interesse Social, Design e Crítica.

A Casa Paraty, do arquiteto Márcio Kogan, ganhou o primeiro lugar na categoria Edifício - Obras Construídas
Divulgação
A Casa Paraty, do arquiteto Márcio Kogan, ganhou o primeiro lugar na categoria Edifício - Obras Construídas

A moderna Casa Paraty , do arquiteto Márcio Kogan, que ganhou o prêmio, na categoria "Best New Private", da revista britânica Wallpaper, em 2010, e o primeiro lugar no Leaf Awards 2009 – um dos mais importantes prêmios de arquitetura europeia –, foi uma das vencedoras. O projeto, que privilegia a natureza com ripas de eucaliptos e pedras brasileiras, ganhou pela categoria Edifício - Obras Construídas.

"Para mim é uma grande alegria e satisfação ser premiado mais uma vez. Essa residência foi feita com bastante precisão e sofisticação, com duas caixas de concreto armado repousando uma sobre a outra, e o acesso à casa feito apenas pelo mar ", diz o autor do projeto.

Na mesma categoria, o arquiteto Flavio Castro recebeu a menção honrosa pela Casa Mirante do Horto
Divulgação
Na mesma categoria, o arquiteto Flavio Castro recebeu a menção honrosa pela Casa Mirante do Horto

Também na categoria Edifício - Obras Construídas, o arquiteto Flavio Castro recebeu menção honrosa pela Casa Mirante do Horto. A residência, que foi construída para aproveitar ao máximo o terreno de 226 m², possui quatro andares e um teto-jardim. A opção pela estrutura vertical foi feita para otimizar o espaço e ainda ter amplitude visual.

A Residência Itatiba, do casal de arquitetos Marina Acayaba e Juan Pablo Rosenberg, ganhou o prêmio de melhor projeto habitacional
Divulgação
A Residência Itatiba, do casal de arquitetos Marina Acayaba e Juan Pablo Rosenberg, ganhou o prêmio de melhor projeto habitacional

Outro projeto premiado foi a Residência Itatiba, do casal de arquitetos Marina Acayaba e Juan Pablo Rosenberg. A casa, que ganhou o prêmio de melhor projeto habitacional, começará a ser construída em março de 2011 e será recortada em seis faces diferentes, que serão voltadas para o verde, um dos pontos fortes do projeto.

“Ficamos muito contentes com a notícia. O Prêmio IAB é o mais tradicional do cenário arquitetônico brasileiro e nos sentimos honrados com o reconhecimento”, diz Marina Acayaba.

A residência AG do arquiteto André Becker Pennewaert recebeu menção honrosa na categoria Edifício - Projetos
Divulgação
A residência AG do arquiteto André Becker Pennewaert recebeu menção honrosa na categoria Edifício - Projetos

O projeto da residência AG, do arquiteto André Becker Pennewaert, recebeu menção honrosa nessa mesma categoria ( Edifício - Projetos). A residência, nada mais é do que um caixote inserido em uma praça do bairro Vila Madalena, em São Paulo. A residência, apesar de ser totalmente fechada para a rua, possui vista privilegiada na parte de trás para o verde.

Na categoria Habitação de Interesse Social, destacou-se em 1ºlugar o Residencial Alexandre Mackenzie dos arquitetos Marcos Boldarini e Sérgio Faraulo
Divulgação
Na categoria Habitação de Interesse Social, destacou-se em 1ºlugar o Residencial Alexandre Mackenzie dos arquitetos Marcos Boldarini e Sérgio Faraulo
Na categoria Habitação de Interesse Social, destacou-se em primeiro lugar o Residencial Alexandre Mackenzie, inaugurado em 2009 como parte das ações de urbanização da Favela Nova Jaguaré, em São Paulo.

Os arquitetos Marcos Boldarini e Sérgio Faraulo, responsáveis pelo empreendimento, implantaram,em um terreno com aproximadamente 20.640 m², 427 unidades habitacionais, distribuídas em dois prédios com 295 apartamentos e 12 lotes com 132 casas.

“O projeto explora as relações entre o espaço público e o privado, uma vez que, além das residências, foram criadas áreas de lazer e recreação destinadas à utilização dos mais diversos grupos”, explica Boldarini.

Outros vencedores do prêmio:

Categoria Urbanismo
Prêmio: Operação Urbana Consorciada Tietê Osasco – SP
Autores: Héctor Vigliecca, Luciene Quel, Ronald Werner Fiedler, Caroline Bertoldi, Neli Shimizu, Pedro Ishimaru Bedendo, Kelly Bozzato, Ruben Otero, Thaísa Froes, Fabio Pittas, Adda Ungaretti e Gerônimo Stéfani

Menção honrosa: Rede Verde Bixiga

Autores: Augusto Aneas, Fernão Morato e Guilherme Ortenblas

Menção Honrosa: Museu aberto Cratera Colônia
Autora: Adriana Levisky

Categoria Paisagismo
Prêmio: Recnov - rede Record
Autora: Evani Kuperman Franco

Categoria Edifício – Obras Construídas

Habitação
Menção honrosa: Residência Drinieper 107
Autor: Guilherme Mendes da Rocha

Comercial
Prêmio: Sede Administrativa da Carglass
Autores: André Dias Dantas, Bruno Bonesso Vitorino e Renato Dalla Marta

Menção honrosa: Kaze Paulista
Autores: Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz

Menção honrosa: Jatobá Green Building
Autores: Luis Felipe Aflalo Herman, Roberto Aflalo e Filho e Gian Carlo Gasperini

Menção honrosa: Ateliê de arquitetura
Autores: Frederico Zanelato, Fernanda Kano e Regina Sesoko

Requalificação
Prêmio: Biblioteca Municipal Mário de Andrade
Autores: José Armênio de Brito Cruz e Renata Semin

Institucional
Prêmio: Biblioteca São Paulo
Autores: Roberto Aflalo Filho, Gian Carlo Gasperini e Luiz Felipe Aflalo Herman. Dante Dellamana e Marcelo Aflalo.

Categoria Habitação de interesse Social
Menção honrosa: Parque cantinho do céu

Autores: Marcos Boldarini e Melissa Matsunaga

Menção honrosa: Parque Santo Amaro
Autores: Héctor Vigliecca, Luciene Quel, Ronald Werner Fiedler, Neli Shimizu, Caroline Bertoldi, Kelly Bozzato, Pedro Ishimaru Bedendo, Sergio Faraulo, Thaísa Froes, Fabio Pittas e Aline Orllertz

Categoria Design
Ambiente

Prêmio: 12+E+8³ “Casas do Chile”
Autores: Chiara Meschini E Raul Pabst

Menção honrosa: Hospital Infantil Sabará
Autora: Diana Malzoni

Menção honrosa: Expografia Ecoturismo na Mata Atlântica
Autor: Pedro Paes Lira

Menção honrosa: BPGM Advogados
Autores: Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz

Menção honrosa: Comunicação visual Memorial da resistência de São Paulo
Autor: Renato Salgado

Objeto
Prêmio: Mesa Esconde-esconde
Autor: Apoena Amaral e Almeida

Categoria Crítica
Menção Honrosa: Rios e Cidades - Ruptura e Reconciliação
Autora: Maria Cacpilia Gorski

Menção honrosa: Arquitetando a Boa vizinhança: Arquitetura, Cidade e Cultura nas Relações Brasil- Estados Unidos 1876 – 1945
Autor: Fernando Atique

Prêmios Especiais
Prêmio Rino Levi: Centro de arte e educação dos Pimentais
Autores: Mario Biselli e Artur Katchborian

Prêmio Carlos Millan: Casa do Chile
Autores: Carlos Garcia, Guilherme Motta, Lucas Fehr, Marcus Vinicius Damon e Mario Figueroa

Prêmio Joaquim Guedes: Área dos portais
Autores: Héctor Vigliecca, Luciene Quel, Ronald Werner Fiedler, Neli Shimizu, Caroline Bertoldi, Pedro Ichimaru Bedendo, Kelly Bozzato, Ruben Otero, Thaísa Froes, Fabio Pittas, Adda Ungaretti, Gerônimo Stéfani, Ignácio Errandonea, Pedro Guglielmi

Prêmio Luis Saia: Brasil: Arquiteturas após 1950
Autoras: Maria Alice Junqueira Bastos e Ruth Verde Zein

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.