Daniel Libeskind, arquiteto responsável pelo plano do Ground Zero em Manhattan, apresenta projeto residencial no Brasil

Projeto em 3D do Vitra, primeiro empreendimento assinado por Daniel Libeskind na América do Sul
Divulgação
Projeto em 3D do Vitra, primeiro empreendimento assinado por Daniel Libeskind na América do Sul
Um dos nomes mais importantes da arquitetura mundial, responsável pelo plano de revitalização do Ground Zero - local onde existiam as torres gêmeas - em Nova York, pelo renomado Museu Judaico de Berlim e pelo Museu Imperial da Guerra, em Manchester, na Inglaterra, Daniel Libeskind fez um rasante em São Paulo, ontem, para apresentar seu primeiro projeto na América do Sul. Um edifício residencial de 14 andares, no coração do bairro do Itaim, cujos apartamentos de 565 m² a 1.145 m² custarão a partir de R$ 9 milhões. Avaliada em R$ 20 milhões, a cobertura duplex disputará o primeiro lugar na lista das mais caras da cidade.

Encomendada pela JHSF, a obra deve se tornar um marco na arquitetura da cidade. Com os traços incomparáveis de Libeskind, a torre de vidro – daí o nome do edifício, Vitra - tem fachada multifacetada, com forma e luminosidade surpreendentes, num quebra-cabeça que confunde os sentidos e faz com que os apartamentos mais baixos tenham metragem maior do que os dos pisos superiores. Ao contrário do que se pode supor por seu exterior.

O premiado arquiteto Daniel Libeskind
Reproduçao
O premiado arquiteto Daniel Libeskind
Ainda sim, todos os apartamentos terão espaço suficiente para quatro suítes de até 50 m² e sala com mais de 300 m², além de áreas reservadas para dois closets (um masculino e outro feminino), adega, cristaleira e home theater.

A preocupação com a sustentabilidade também está presente. Serão instaladas placas solares para ajudar no sistema de aquecimento; vidros de baixa emissão solar, que impedem a transferência térmica entre os ambientes, o que ajudará na redução do uso de ar-condicionado; e sistemas de gerenciamento inteligente e reuso de águas pluviais.

“Sustentabilidade tem a ver com a qualidade de vida das pessoas e o futuro da cidade”, disse Libeskind durante o coquetel de lançamento. Do outro lado do salão, finas mulheres em salto agulha e vestidos de grife se debruçavam sobre a planta dos apartamentos, já pensando em como preencher tanto espaço.

“Quando você fala que tem um Libeskind não precisa nem falar o nome do edifício. Já se sabe que é um projeto excepcional, reconhecido em todo o mundo”, afirma o empresário Marcos Arbaitman, que já planeja a compra de sua unidade. “Não sei se vou morar lá ou darei para um dos meus filhos, mas certamente é um investimento que vale a pena. Só por ter a assinatura dele o prédio se valoriza naturalmente”, completa.

Conheça outros projetos de Daniel Libeskind:

Nascido na Polônia, em 1946, Libeskind imigrou para os Estados Unidos em 1960, onde se naturalizou. Ganhador de inúmeros prêmios, tem projetos facilmente reconhecidos em todo o mundo. Atualmente também trabalha em planos de reurbanização na Itália e China.

“São Paulo é uma cidade fantástica, com uma comunidade vibrante de pessoas”, diz ele. A previsão é que as obras do Vitra comecem em julho de 2011 e que o empreendimento seja entregue em 2013.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.