Arejadores e vasos sanitários com caixa acoplada são algumas das saídas para reduzir o gasto hídrico sem fazer muito esforço

Segundo a Organização das Nações Unidas, uma pessoa necessita de 3,3 mil litros de água por mês (em torno de 110 litros por dia) para o consumo e higiene, mas o brasileiro gasta, atualmente, mais de 220 litros. Com a falta de chuva e o racionamento iminente, economizar água  se tornou fundamental. Além de reduzir os gastos com a mudança de hábitos , alguns produtos também podem ajudar a controlar a vazão quase sem que se perceba. 

Veja na galeria abaixo algumas opções:


Vasos sanitários com caixas acopladas permitem escolher o volume de vazão  a cada acionamento (3 ou 6 litros), utilizando até 40% menos água se comparados a um modelo convencional, que demanda de 8 a 10 litros. Sem falar que essse modelo permite utilizar água reaproveitada de outros lugares, como do banho ou da máquina de lavar.

T orneiras com arejadores – dispositivo que aumenta a quantidade de ar na saída da água, permitindo que se reduza o volume de líquido sem perda da sensação de pressão –, também podem significar economia de 25% a 50% de água a cada uso. Existem ainda, torneiras e chuveiros que diminuem o gasto devido a regulação do jato ou uso de temporizador, ferramenta responsável por liberar o líquido por tempo ou volume pré-determinado.

(*) Valores apurados em fev/2015

Leia mais: 

Água no jardim

Como economizar água em casa

Vilões da economia domestica

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.