Acompanhe nossas dicas e prepare a casa para reunir os amigos e curtir os jogos com conforto e liberdade

Receber amigos em casa é sempre uma delícia. Em dia festivo ainda, com a Seleção Brasileira jogando, melhor ainda! Se, às vésperas da Copa, você está às voltas com a reforma ou reorganização do home theater, saiba que você não está sozinha. A designer de interiores Cristina Barbara, por exemplo, está comemorando a atualização deste que é um dos ambientes mais usados da casa.

Leia também: Regras de ouro para posicionar corretamente os eletrodomésticos

“Montamos nosso home theater quando construímos a casa, há onze anos. Com o tempo, os equipamentos foram ficando obsoletos e os novos que fomos adquirindo eram incompatíveis com os primeiros. A Copa deu o impulso que faltava para atualizarmos tudo”, conta ela, que já está organizando a recepção para um dos jogos.

Veja na galeria alguns projetos de home theater para se inspirar:

Mas acertar no home theater não é a coisa mais simples e é importante contar com a assistência de profissionais para desenvolver o projeto. “O momento ideal para buscar o profissional é na hora do planejamento. Isso garante que posteriormente não será necessário mudar fiação, posição dos pontos elétricos, e evita que se compre um equipamento insuficiente para o espaço, por exemplo”, explica Leonardo Tanaka, da Antares.

Para reproduzir a experiência de um cinema em casa, com a mesma qualidade de som, imagem e iluminação, é importante separar um ambiente bem projetado e com equipamentos adequados. O ideal é dispor duas caixas de som de frente para o sofá principal, duas atrás e um subwoofer na frente, em contato com o chão (em funcionamento, ele pode derrubar peças se estiver na estante). Ambientes maiores ou integrados, por exemplo, já passam a exigir os sistemas mais convencionais com, no mínimo, 5 caixas acústicas, um receiver e um subwoofer.

Mais: Saiba como escolher a TV para a Copa

Há quem prefira embutir todas as caixas de som no teto, mas, apesar do resultado estético ser bom, isto muda a trajetória das ondas, diminuindo a qualidade geral da experiência.

Outra facilidade de que se fala bastante é dos aparelhos sem fio , mas saiba que ainda existe o risco de haver interferências (como do acendedor de fogão e outros) durante a exibição de um filme em casa. Por isso é tão importante planejar a instalação de um sistema a tempo de prever a fiação por dentro das paredes.

A aparelhagem não precisa estar junto da tevê, mas se você optar por esconder os eletrônicos dentro da estante, não se esqueça de que será necessário que o controle-remoto acesse o equipamento e é importante haver ventilação nesta área.

O tamanho da televisão também deve ser cuidadosamente analisado antes da compra. Se o ambiente for pequeno, usar uma tela grande demais resultará em borrões ao invés de fidelidade de imagem. Se há espaço de sobra , garanta apenas que a imagem possa ser vista com qualidade de qualquer ponto (o chamado “palco audiovisual”). Com relação à altura, a tela ou tevê deve estar na linha dos olhos de quem estiver sentado no sofá. Já a distância entre ela e o expectador deve ser, em média, de 2 m, considerando-se o fundo do sofá (e não a borda) como referência.

No mercado é possível encontrar kits de home theater prontos, que podem funcionar bem para ambientes pequenos (de 6 m² a 8 m²), onde apenas uma soundbar junto à tevê já faz grande diferença.

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.