Como ter uma piscina em casa

Por Alessandra Oggioni , especial para o iG

compartilhe

Tamanho do texto

A partir de R$ 10 mil é possível ter uma piscina para se refrescar. Conheça as vantagens e desvantagens de cada modelo

Com as altas temperaturas do verão brasileiro, muita gente queria ter uma piscina dentro de casa para se refrescar à vontade nestes dias tão quentes. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes e Construtores de Piscinas e Produtos Afins (Anapp), esta vontade se revela em números, já que o setor cresce em torno de 6% ao ano. Mas ter uma piscina para chamar de sua não é tão simples. Apesar da grande oferta do mercado, é preciso analisar o modelo mais indicado de acordo com o tipo de terreno, a durabilidade, a limpeza e manutenção exigidas e, claro, o custo.

Veja alguns modelos para se inspirar:

O arquiteto Maurício Queiróz apostou na borda infinita para garantir a sensação de amplitude da área externa. Foto: DivulgaçãoA piscina projetada pela arquiteta Selma Tammaro foi dividida em partes específicas para as crianças. Foto: DivulgaçãoA piscina da foto tem formatos irregulares em alguns lados. O que achou do projeto?. Foto: DivulgaçãoO formato linear foi escolhido para a piscina desenhada pelas arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli. Foto: DivulgaçãoOs móveis do espaço podem ser colocados na borda da piscina. Projeto de Débora Aguiar. Foto: DivulgaçãoO desenho linear também foi escolhido por Débora Aguiar para inserir a piscina na arquitetura. Foto: DivulgaçãoO projeto da piscina pode contar com bonitas plantas ao redor da borda. Espécies como agaves e palmeiras são indicadas. Foto: DivulgaçãoAté jatos de água foram incluídos no projeto de piscina criado por Selma Tammaro. Foto: DivulgaçãoAs arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli recorreram à cor azul escuro para conseguir mais visibilidade ao projeto. Foto: DivulgaçãoA piscina projetada por Selma Tammaro conta com diversos níveis e um ofurô separado. Foto: DivulgaçãoA piscina da foto acompanha o desenho da casa e confere harmonia ao projeto. Foto: DivulgaçãoA piscina de borda infinita tem no formato orgânico seu ponto alto. Projeto de João Marques. Foto: DivulgaçãoO projeto da arquiteta Zize Zin conta com iluminação interna na piscina. Foto: DivulgaçãoProjetada pelos arquitetos André Sá e Francisco Mota, a casa de 300 m² tem piscina, churrasqueira e espaço gourmet. Foto: Nilton SouzaA tonalidade azul da piscina, feita pela arquiteta  Sueli Adorni, combina com a decoração do ambiente. Foto: DivulgaçãoEstampas geométricas ressaltam o desenho da piscina projetada por David Bastos. Foto: DivulgaçãoA piscina foi projetada com desnível para garantir sua beleza estética. Foto: DivulgaçãoFormas orgânicas marcam presença na piscina projetada pela arquiteta Cris Daros e pelo paisagista Gilberto Elkis. Foto: DivulgaçãoA arquiteta Bia Prado e o paisagista Gilberto Elkis buscaram irreverência no formato curvo da piscina. Foto: DivulgaçãoO deck de madeira aumenta o aconchego da área externa e a beleza da piscina. Foto: DivulgaçãoA piscina projetada por Leonardo Junqueira tem formato geométrico e tonalidade azul. Foto: DivulgaçãoCerâmicas de diversas tonalidades foram usadas no projeto de piscina feito pelo arquiteto Mário Saviolli. Foto: DivulgaçãoA piscina do arquiteto Augusto Perez e do paisagista Gilberto Elkis tem características geométricas . Foto: DivulgaçãoEscadas, muros e piscinas também podem ser valorizados com a iluminação correta. Foto: DivulgaçãoCriada para ser uma extensão da praia, a piscina conta com espreguiçadeiras coloridas de Sérgio Rodrigues. Foto: DivulgaçãoO modelo de piscina em alvenaria e linhas retas é o mais pedido entre os arquitetos. Foto: DivulgaçãoA borda infinita da piscina aumenta a beleza do projeto criado pelo arquiteto João Marques. Foto: DivulgaçãoA piscina em formato de 'L' garante o diferencial do projeto criado por Benedito Abbud. Foto: DivulgaçãoAngela Martins diz que as piscinas de fibra oferecem solução rápida para quem quer ter uma piscina neste verão. Foto: DivulgaçãoA piscina retilínea foi revestida com pastilhas de vidro na cor vidro real e azul turquesa, contrastando com as cores claras da arquitetura da casa. Foto: DivulgaçãoA tonalidade azul foi a escolha de Bia Prado na piscina da foto. Foto: DivulgaçãoA piscina com fundo infinito tem vista privilegiada no hotel Paresa Phuket, na Tailândia. Foto: DivulgaçãoPensar a finalidade da piscina é fundamental antes de decidir por um estilo, lembra o arquiteto Leonardo Junqueira.. Foto: DivulgaçãoPara uma mansão no Guarujá (SP), o arquiteto Flávio Castro optou por uma piscina estreita e comprida, onde de um lado é possível ter a visão da sala fechada com vidro. Foto: DivulgaçãoA arquiteta Maricy Borges defende a questão de colocar espaços de lazer dentro de casa. Foto: DivulgaçãoAo lado da piscina com desenho neoclássico, as espreguiçadeiras ecológicas convidam ao banho de sol. Foto: DivulgaçãoCasa de campo, em Vinhedo, projetada por Dado Castello Branco. Foto: DivulgaçãoDetalhe para o formato circular do trecho da piscina instalada na área externa. Foto: DivulgaçãoA piscina da Casa Flores é toda revestida com pastilhas de cerâmica. O projeto é do arquiteto Rogério Perez. Foto: DivulgaçãoA borda da piscina é feita a partir de um revestimento em cerâmica. Gosta?. Foto: DivulgaçãoA arquiteta curitibana Elaine Zanon utilizou cadeiras e mesa de plástico para compor o ambiente com a piscina interna. Foto: DivulgaçãoGuilherme Torres ancorou a edificação no declive e liberou espaço para o jardim, a piscina e as salas de convivência. Foto: Divulgação / Denílson MachadoCom piscina de 33 m² e ofurô aquecido a gás, área externa conta ainda com jardins verticais . Foto: Divulgação/ Marcio DesperattiNo projeto da arquiteta Kênia Miranda, pastilhas de porcelana da Atlas foram usadas na piscina. Foto: DivulgaçãoO revestimento em porcelanato (20 mm x 20 mm) da Colormix usado por André Luque custa R$ 65 o metro quadrado. Foto: DivulgaçãoDesenhos foram montados com o revestimento interno da piscina. As pastilhas da coleção Colorati são vendidas na Colormix. Foto: DivulgaçãoA arquiteta Eliana Gomide abusou de pastilhas em porcelana para revestir a área interna da piscina. Foto: DivulgaçãoA piscina dessa casa em condomínio fechado de Jundiaí é de concreto maciço e utiliza pastilhas azuis em diferentes tons. O projeto é da arquiteta Flávia Ralston. Foto: DivulgaçãoA piscina projetada pelo arquiteto Bruno Erpicum parece flutuar sobre a paisagem do litoral da Espanha. Foto: DivulgaçãoAs ecopastilhas da Lepri usadas na piscina são feitas com vidros de lâmpadas fluorescentes e aparelhos reciclados. Foto: DivulgaçãoPastilhas em porcelana foram usadas para montar os desenhos da piscina. Foto: Divulgação

Mais:
- As piscinas mais incríveis em hotéis
- Conheca os diferentes modelos de piscina em detalhes

Mesmo tendo pouco espaço, é possível ter uma piscina em casa, segundo o arquiteto Rodrigo Costa, do Studio Costa Marques (SP). Ele explica que a partir de 4 m x 2,5 m já é possível elaborar um projeto. “O que precisa é avaliar o tipo de piscina que o local permite e executar um cálculo estrutural bem feito, para evitar trincas e outros problemas futuros”, diz. Ele também afirma que a fase de planejamento é essencial para prever todos os acessórios que serão necessários, como por exemplo iluminação e sistema de som subaquático, para não ter de mexer na piscina depois que já estiver pronta.

De acordo com o engenheiro químico Nilson Maierá, autor do livro “Piscinas Litro a Litro” (Esedra, 2009), existem basicamente quatro tipos de piscina: de concreto – também conhecida como de azulejo –, de alvenaria, de vinil e de fibra de vidro, cada uma delas com suas particularidades, vantagens e desvantagens. Saiba mais.

Com relação ao custo, tudo vai depender do modelo, do tamanho escolhido e dos equipamentos a serem instalados, como filtros e sistemas de aquecimento, entre outros itens. As piscinas de concreto, por exemplo, são as preferidas dos arquitetos, pois permitem ser projetadas em qualquer formato, tamanho e acabamento, podendo ter hidromassagem ou borda infinita. No entanto, este modelo é o mais caro e o que demanda maior tempo de construção, embora tenha uma vida útil mais longa, segundo o engenheiro.

As piscinas de vinil são outra opção versátil, pois também permitem modulações e variações de tamanho, com bom custo-benefício, embora não tenham a mesma durabilidade das de concreto. Já os modelos de fibra vêm em formatos pré-fabricados, o que não possibilita projetos mais elaborados. Apesar disso, contam com a vantagem de terem uma instalação bastante rápida e de serem menos onerosas. “Com cerca de R$ 10 mil é possível ter uma piscina em casa”, avalia o engenheiro Nilson Maierá.

Para quem não pode investir muito, outra alternativa para se refrescar nestes dias quentes são as piscinas de médio porte, portáteis, com altura de cerca de 80 cm. Estruturadas com material metálico, PVC e poliéster, alguns modelos chegam a ter capacidade de 10 mil litros e tem até mesmo escadinha e sistema de filtragem móvel, ao custo médio de R$ 1 mil. Basta ter um espaço livre e boa vontade para montá-las.

Leia tudo sobre: piscinaEspecial Verãoreformaarquitetura

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas