Arquiteto Haron Cohen aposta no uso de peças coloridas pontuais para quebrar a monotonia. Veja o projeto

O apartamento construído na década de 70 precisava ganhar ar mais contemporâneo. E a aposta do arquiteto Haron Cohen foi a integração dos ambientes e o uso da cor branca nas paredes. A reforma do apartamento de 330 m², localizado no bairro Higienópolis, em São Paulo, contou com grandes aberturas e uma decoração clean. “O cliente pediu que os quartos ficassem mais amplos e as obras de arte tivessem acomodações generosas. Por isso, busquei amplitude em todos os espaços e caprichei no projeto de iluminação”, afirma o arquiteto.

Volte à matéria principal:  Prepare a casa para a estação mais quente do ano

A decoração usada no imóvel trouxe ainda a cara do verão para os ambientes. Nada de excesso no número de móveis ou cores frias. Pelo contrário, o colorido marcou presença em itens decorativos pontuais. Poltronas, almofadas, tapetes (com tecidos leves) e os próprios quadros repletos de cores quentes conferiram alegria ao projeto . “O clima de verão acontece quando tonalidades escuras e tecidos pesados – como lã e veludo – não aparecem nos espaços”, diz. “Uma das saídas que encontrei para garantir o frescor na reforma foi usar persianas brancas, o que permitiu maior entrada de luz natural quando necessário”, afirma.

Os ambientes integrados foram outro destaque na reforma de Cohen. A proposta uniu sala de estar e jantar, além da biblioteca e do escritório, deixando a área do bar como a única referência de divisão. O novo aproveitamento elaborado pelo arquiteto resultou em uma circulação mais eficiente na área social.

Veja também:

Zanini de Zanine: um design poderoso

Conheça o escritório de arquitetura que está mudando a cara de São Paulo

Sozinhas, elas decoraram como na revista


    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.