Após reforma de seis meses, imóvel de 200 m², no Rio de Janeiro, ganha ambientes integrados e muita ventilação natural

Achar um imóvel em uma encosta com vista para o mar da Tijuca era realmente um sonho. Daí a compra da casa de 200 m² na praia de Joatinga, Rio de Janeiro, ter saído sem hesitação. Mas seria necessário reformar tudo, ou quase tudo. Foi aí que as arquitetas Alessandra Riera e Ana Paula Veirano entraram na história. “A vista era maravilhosa e a localização do imóvel tornou o projeto ainda mais desafiador. Tivemos de começar do zero, pois a deterioração era intensa. Demolimos grande parte da construção antiga e refizemos as estruturas”, diz Alessandra.

Leia também: “A luz deve contar a história do ambiente”, afirma Simone Micheli

O objetivo de manter a casa em harmonia com a natureza foi um dos pontos mais ressaltados pelos clientes e, as profissionais, logo procuraram maneiras de garantir a exigência . A maneira encontrada foi investir em panos de vidro e ventilação natural. A reforma teve início com a mudança da porta de entrada. O antigo local foi transformado em um jardim de inverno com acesso por uma porta de vidro  e a nova entrada ganhou um pergolado de madeira. Mas o grande truque para garantir a circulação do ar foi o uso de cobogós em toda a parede da lavanderia. O espaço ganhou ainda mais iluminação ao receber a abertura da claraboia.

O recuo na janela do escritório é mais um espaço confortável a ser usado pelos moradores
Divulgação
O recuo na janela do escritório é mais um espaço confortável a ser usado pelos moradores

Outro pedido dos futuros moradores era que a vista do mar estivesse presente na maioria dos ambientes da casa de três andares. Por isso, as arquitetas intensificaram o uso de panos de vidro e retiraram paredes divisórias, o que garantiu continuidade e amplitude ao projeto. Cozinha, escritório, quarto do casal e banheiro foram alguns dos espaços integrados. “Fizemos também uma pequena varanda que se integra à sala de estar ”, afirma Alessandra.

A reforma que demorou seis meses até chegar ao fim recebeu um toque clean na decoração . As profissionais investiram em uma base neutra (no piso, mobiliário e na pintura das paredes) e algumas peças coloridas para contrastar. Móveis assinados por designers brasileiros também foram muito usados no projeto, sendo Jader Almeida e Sergio Rodrigues algumas das maiores apostas. “Além disso, buscamos materiais que não fossem corroídos pelo clima de praia. Eliminamos couro e aço e valorizamos a madeira”, diz.

Saiba mais:

Veja como reformar o móvel da sua casa

Manual prático de organização doméstica

Novidades tecnológicas facilitam o dia a dia da casa


    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.