Para evitar perda da sensação de amplitude, a arquiteta Carolina Ouro investe na cor branca e no uso de madeira em pisos e móveis

A proposta de decorar um apartamento de 35 m² foi encarada pela arquiteta Carolina Ouro como um desafio. Era necessário aproveitar cada centímetro e garantir conforto aos moradores. Para isso, Carolina usou tonalidades claras, planejou o sistema de iluminação cuidadosamente e abusou de madeira no piso e no mobiliário. “Se usasse cores fortes e tivesse cantos escuros, iria sobrecarregar o ambiente e afetar a sensação de amplitude”, diz. “A madeira foi essencial, pois aquece e traz conforto.”

Volte à matéria principal: É possível viver bem em imóveis que medem até 40 m²

Nichos também foram muito usados por todo o imóvel. A estante vazada da sala de estar abusou do recurso e permitiu inserir objetos decorativos no local. Sala e cozinha foram integradas e um vidro garantiu isolamento suficiente para o preparo dos alimentos. “Quisemos ganhar espaço sem deixar que o cheiro dos alimentos se espalhasse”, afirma a arquiteta. Da mesma forma, quarto e sala foram levemente separados com a presença de uma divisória em madeira. E, mais uma vez, um móvel oficializou a mudança de ambientes. “Instalei uma bancada de trabalho entre as áreas para delimitar melhor e trazer utilidade.”

O apartamento com jeito de loft recebeu ainda espelhos em diversas paredes. Carolina buscou apenas garantir que nenhum ficasse de frente para o outro, de modo a evitar uma perspectiva de “plano infinito”. O projeto de iluminação foi outro aspecto importante no projeto . A arquiteta investiu em luzes diretas, indiretas e até mesmo fitas LED para realçar detalhes, como o rasgo decorativo na cabeceira da cama. “O LED conferiu beleza ao espaço e deu mais destaque aos quadros”, diz.

Leia também:

10 cuidados antes de alugar um imóvel para a temporada

Ford assina produtos para a casa. Veja

Novidades tecnológicas facilitam o dia a dia da casa


Serviço:

Atua Construtora


    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.