Parede de drywall foi recurso encontrado para dividir ambientes sem perder espaço

Antes escuro e com revestimentos ultrapassados, o imóvel de 45 m² passou por uma reformulação total comandada pelo arquiteto Maurício Karam. Para valorizar a metragem, a ideia foi desenvolver um projeto integrado e com cores neutras. Diversas paredes vieram abaixo e apenas as alvenarias do banheiro e da área de serviço foram mantidas.

Volte para a matéria principal:  Conforto e amplitude em apartamentos de até 50 m²

“Das antigas divisórias sobraram apenas pilares e vigas de sustentação”, afirma o profissional. Para dar sensação de continuidade, laminado de madeira foi aplicado no piso de todos os ambientes. “O material dá um clima de aconchego , por isso também o escolhemos para compor o painel da sala”, diz.

Veja fotos do apartamento montado pelo arquiteto Maurício Karam:

Já que quase não sobraram paredes no local, o arquiteto caprichou no projeto de decoração – móveis e objetos são os responsáveis por delimitar as áreas em setores . Na sala de jantar, por exemplo, uma sanca de gesso vai do chão ao teto. “O elemento é uma espécie de túnel na cor grafite”, explica Maurício.

A transparência da mesa e das cadeiras de acrílico ajuda a dar leveza. O espelho, maior aliado na busca por espaço , também não poderia faltar: foi colocado na parede de apoio da mesa. Já o quarto recebeu paredes de drywall, que são mais finas do que as convencionais e ocupam menos espaço.

Serviço:

Maurício Karam Arquitetura
Rua Tabapuã, 41, CJ 68 – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 3073-0634

Veja mais:

Cama arrumada como a de hotel

25 mitos e verdades sobre eletrodomésticos

Decore a casa com móveis de papel

Siga o iG Delas pelo Twitter e assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.