Presença do filtro pode ser minimizada na cozinha, tornando, ao mesmo tempo, a água da pia ainda mais saudável

Instalar o filtro direto na saída de água libera espaço na pia
Thinkstock/Getty Images
Instalar o filtro direto na saída de água libera espaço na pia
A água tratada que chega pela tubulação hidráulica nas habitações das cidades é potável e considerada boa para beber. Entretanto, poucos confiam nessa premissa e, na maioria dos lares, ou se compra água em recipientes plásticos, ou a filtra antes do consumo.

Há algumas décadas era comum deixar no alto da parede da pia da cozinha uma prateleirinha para acomodar o pote de barro que filtrava e armazenava a água. Hoje, com uma grande variedade de modelos e tamanhos, o filtro, além do ponto de água pede tomada elétrica no caso da água já sair gelada.

Mais:
Reduzir o consumo de água engarrafada é atitude ecológica 

A prateleirinha acaba fazendo falta principalmente se o tampo da pia não for muito grande e o modelo de duas temperaturas escolhido ocupar muito espaço. Quando este for o caso, existe a possibilidade de instalar o filtro diretamente no ponto de saída de água, embaixo da pia, tornando filtrada toda a água que sair da torneira. Daquela que for ser utilizada para cozinhar àquela para lavar louça. 

Uma desvantagem essa opção, que vem crescendo, atualmente, é que a durabilidade do refil filtrante será menor. Se a louça for lavada em máquina esse problema será reduzido.Para quem não abre mão da água gelada, alguns modelos de refrigeradores com retirada de água na porta têm filtro acoplado que filtra á agua e o gelo que será produzido, sem necessidade de ser abastecido manualmente. Porém, atenção, para o funcionamento desse recurso, o refrigerador necessita de um ponto de água, criando, assim mais uma requisição para o projeto hidráulico.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.