12 erros na hora de ganhar espaço

Por Bruna Bessi, iG São Paulo

Texto

Saiba quais soluções trazem a indesejada sensação de “aperto” aos ambientes e fuja delas

Muitas vezes, ao tentar deixar a casa mais bonita e com a nossa cara, acabamos cometendo alguns pecados em relação ao espaço. Móveis muito grandes, tecidos pesados e falta de planejamento do todo são apenas alguns dos itens que podem comprometer a circulação e dar a sensação de que a casa é menor do que parece. Confira outros erros comuns na hora de decorar a casa e fique atenta.

Leia também: Sofás para se esparramar

Encher a casa de móveis e itens decorativos atrapalha a circulação e polui o ambiente. Foto: DivulgaçãoPeças desproporcionais ao tamanho do ambiente podem tomar muito espaço e dar a sensação de que a casa encolheu. Foto: ThinkstockApostar em tons muito fechados. Ambientes escuros tendem a parecer menores e mais abafados. Foto: DivulgaçãoO mesmo vale para a pouca iluminação. Quanto maior luminosidade você traz para dentro de casa, maior será a sensação de espaço livre. Foto: ThinkstockFechar os ambientes com paredes altas ou biombos sem elementos vazados, que fragmentam a casa criando cubículos. Foto: DivulgaçãoNão planejar a melhor utilização de cada espaço – inclusive com a criação de nichos. Foto: DivulgaçãoNão investir em móveis planejados, com soluções inteligentes para guardar os apetrechos. Foto: J.Wittner'sAbrir mão de peças e ambiente multifuncionais. Por que você faria isso, afinal?. Foto: ReproduçãoExagerar no uso de espelhos ou posicioná-los de forma a gerar uma visão de fundo infinito. Foto: DivulgaçãoNão apostar em portas corrediças, que ajudam a unir ou separar quando necessário sem ocupar muito espaço . Foto: DivulgaçãoExagerar na decoração e na quantidade de referências e estampas. Foto: ThinkstockUsar materiais diferentes no piso de cada ambiente,o quebra a sensação de continuidade . Foto: Thinkstock

1- Overdose de móveis
Encher a casa de móveis e itens decorativos atrapalha a circulação, polui o ambiente e interfere principalmente nos espaços pequenos.

2- Peças fora de proporção
Tapetes, sofás e mesas não podem ser comprados aleatoriamente. Peças desproporcionais ao tamanho do ambiente podem tomar muito espaço e dar a sensação de que a casa encolheu.

3- Pouca luminosidade
A regra de moda que diz que o preto emagrece, também vale para a casa. Mas, nesse caso, vale para a falta de luz em geral. Ambientes escuros tendem a parecer menores e mais abafados. Não investir em recursos como luzes embutidas e indiretas pode afetar a ideia de espaço maior.

4- Cores escuras
O princípio aqui é o mesmo da luz, quanto maior luminosidade você traz para dentro de casa, maior será sua sensação de espaço livre. Aposte em cores claras nas paredes, nos pisos e nos móveis. Para dar um toque de modernidade e vivacidade aposte em de talhes coloridos (almofadas, abajures, pufes) ou escolha uma parede para pintar com cores quentes (como vermelho, amarelo e laranja).

5- Ambientes fechados
Divisórias altas, como biombos, estantes e paredes tendem a fragmentar a casa e criar cantos inúteis. Integrar os espaços tende a ajudar na circulação e na funcionalidade da casa.

6- Falta de planejamento
Pensar na casa como um todo, projetando a melhor utilização de casa espaço – inclusive com a criação de nichos – ajuda a não desperdiçar nenhum centímetro útil do imóvel.

7- Não investir em móveis planejados
Feitos na medida certa para ocupar todo e qualquer espaço útil que você tiver, os móveis feitos sob medida ainda podem trazer soluções inteligentes para ajudar na organização do dia a dia, como gavetas debaixo da cama e armários embutidos.

Divulgação
Portas de correr espelhadas ajudam a aumentar a sensação de amplitude nos ambientes

8- Abrir mão de peças e ambiente multifuncionais
Móveis dois em um e ambientes com dupla função são essenciais para ganhar espaço em apartamentos pequenos, mas cheios de vida. Poder contar como um sofá-cama, armários com televisão embutida e mesas extensíveis é um alívio quando se recebe visitas, por exemplo, sem comprometer seu espaço no dia a dia.

9- Abusar dos espelhos
O truque dos reflexos ajuda muito na hora de transmitir a sensação de amplitude – principalmente quando os espelhos são colocados em locais como sala de jantar ou porta do lavabo – mas usá-lo cuidado para não exagerar ou posicioná-los de forma a gerar uma visão de fundo infinito. Isso pode confundir a visão e tornar o ambiente pouco aconchegante.

10- Não apostar em portas corrediças
Em ambientes reduzidos, as portas tradicionais acabam ocupando espaço precioso. Trocá-las, na medida do possível, pelo modelo de correr é oportunidade de ganhar alguns centímetros de circulação entre os móveis.

11- Exagerar na decoração
Quanto menor o espaço disponível, mais minimalista deverá ser a decoração. Espaços pequenos com muitos móveis e enfeites, além de cortinas pesadas dão a sensação de estarem atulhados, como se fossem a caverna do Ali-Ba-Bá.

12- Ter diferentes pisos
Usar materiais diferentes ao longo dos espaços da casa quebra a sensação de continuidade e, consequentemente, de amplitude.

 

Acompanhe mais notícias de decoração no Twitter do Delas

 

  

 

 

Leia tudo sobre: erroespaçoorganizaçãoapartamentos pequenosmais espaço
Texto

notícias relacionadas