Tamanho do texto

Seja discreto ou chamando atenção, o estilo promete personalidade, podendo ainda ser criado com diferentes materiais e aplicado a paredes

Já ouviu falar no estilo espinha de peixe para pisos ? De acordo com o Pinterest, neste ano aumentou em 400% o número de pessoas no Brasil que salvaram fotos de ideias desse modelo, a nova tendência para casas e apartamentos.

Leia também: Arquiteto cria mini casas em tubos de concreto; conheça o projeto

Busca por imagens no Pinterest com ideias para usar a tendência do piso espinha de peixe cresceram em 400% em 2018
Pinterest
Busca por imagens no Pinterest com ideias para usar a tendência do piso espinha de peixe cresceram em 400% em 2018


A tendência consiste em aplicar o piso consecutivamente no formato de ponta de flecha, ou espinha de peixe, e pode ser executada com tacos de madeira, ou semelhantes, azulejos ou mesmo - para mais ousadia e personalidade ainda - nas paredes e revestimentos de banheiros e cozinhas.

Por ser um estilo versátil, não existem regras para usá-lo. Aposte em cores diferentes de madeira ou mesmo em um acabamento brilhante para chamar atenção para o piso. Se preferir uma decoração mais discreta, opte por tons mais pálidos e frios.

.


O material também importa. Cômodos molhados, como banheiro, cozinha, área de serviço e mesmo a varanda pedem azulejo - mais simples de limpar e que suportam umidade. Já os outros quartos permitem o uso de taco de madeira, laminado ou assoalho.

Leia também: Projeto de casa feita com contêiners vai te dar vontade de morar no deserto 

.


No entanto, para escolher qual material você vai querer para o seu chão (ou parede) em estilo espinha de peixe, vale conhecer um pouco mais sobre laminados, vinílicos, assoalhos e tacos de madeira, ver as vantagens e desvantagens práticas de cada um e avaliar o que cabe no seu bolso.

Laminados

Feitos de camadas de madeira reconstituída e derivados, são revestidos por uma camada estampada decorativa que imita o aspecto de madeira, protegida com verniz. Por conta disso, são a opção mais barata do mercado e muito práticos, visto que sua instalação é por encaixe.

Não são, entretanto, dos mais silenciosos, propagando os sons quando se caminha sobre ele, mas isso pode ser resolvido com uma manta por baixo das tábuas. Outras desvantagens incluem a durabilidade do material e sua baixa resistência a água.

Vínilicos

Disponíveis em placas, tábuas ou mantas, são feitos de PVC. Um pouco mais caros do que os laminados, abafam bem ruídos, ajudam a conservar a temperatura dos ambientes e possuem textura mais similar à da madeira.

Por outro lado, riscam com facilidade, podem ter a cor desbotada com o sol e também não resistem muito bem à água, sendo contraindicado para cômodos molhados.

Assoalhos de madeira

Aqui não tem segredo, os assoalhos são feitos de madeira maciça e, por isso, valorizam o ambiente e a casa para uma possível venda. Mas, por conta disso, são extremamente caros. Sua manutenção exige mais cuidado e é necessário verificar a procedência das tábuas, para certificar-se de que elas não estão infestadas de cupins.

Leia também: Cuide da casa com o Feng Shui

Taco ou paquê

Podendo ser aplicado de várias formas, sendo ideal para a tendência espinha de peixe, o taco possui a maior durabilidade entre todos os pisos de madeira - se ficar desgastado, basta lixá-lo novamente e passar uma nova camada de verniz. Essa característica acaba encarecendo o piso, que, por ser composto por pequenos pedaços de madeira e seguir um padrão, também demora para ser instalado.

    Leia tudo sobre: casa