Encostar as vassouras e baldes após limpar a casa é um hábito relativamente normal, mas os instrumentos utilizados para fazer a limpeza também precisam ser higienizados para que durem mais e não fiquem contaminados

É dia de faxina . Você põe as luvas, pega vassouras, panos e baldes, tira o pó da casa, varre tudo, passa pano, lava os banheiros, as janelas, o quintal e está feito, certo? Não necessariamente. A casa pode até estar brilhante, devidamente desinfetada e cheirosa, mas você pode estar se esquecendo de higienizar algo que está constantemente sujo: os itens de limpeza.

Leia também: Saiba qual é a forma correta de limpar os eletrodomésticos

Depois de fazer a limpeza da casa, saiba que é, sim, necessário higienizar os instrumentos que usou na faxina
Shutterstock
Depois de fazer a limpeza da casa, saiba que é, sim, necessário higienizar os instrumentos que usou na faxina

Por preguiça, descuido ou até falta de informação sobre qual é a forma correta de higienizar rodos, escovas, espanadores e esponjas usadas na limpeza da casa, não é raro encontrar pessoas que simplesmente deixam esses utensílios de lado após a faxina e os substituem quando estão muito sujos ou usados demais. No entanto, fazer isso pode comprometer a limpeza da casa e até gerar riscos para a saúde.

De acordo com Renato Ticoulat, diretor executivo da Jan-Pro e fundador da Limpeza com Zelo, o cuidado com alguns desses itens já deve começar no momento da compra, e certas dicas podem fazer com que eles durem por mais tempo do que normalmente durariam. Veja como fazer a higienização de nove utensílios de limpeza após utilizá-los para limpar a casa:

Vassouras

Você tem uma vassoura só e a utiliza para varrer a casa toda? É melhor reconsiderar. Da mesma forma que panos e baldes, esse instrumento pode carregar bactérias de um ambiente para outro e, segundo Ticoulat, o ideal é ter uma para o quintal e uma para usar dentro de casa.

Quanto à higienização delas, o especialista afirma que é possível lavá-las, mas sempre prestando atenção no produto. Segundo ele, o ideal é utilizar detergente e evitar produtos corrosivos como o cloro, que podem detonar as cerdas antes da hora.

Panos de chão

Da mesma forma que os baldes, o ideal é designar um pano para cada local. “É muito importante que cada cômodo tenha seu pano específico para não levar a contaminação do banheiro para a cozinha, por exemplo”, explica Ticoulat, reforçando que a escolha do material na hora da compra também requer atenção. “De preferência, use os de microfibra, que absorvem mais água, são bactericidas, não cheiram e aguentam 540 lavadas na máquina versus sete dos panos de algodão”, afirma.

Segundo o especialista, esse item deve ser higienizado após cada uso. Para isso, é preciso lavá-los em água quente e estendê-los em um varal na sombra depois de retirá-los da máquina de lavar.

Leia também: Especialista dá dicas de limpeza e conta o que nunca deve ser feito na faxina

Escovinhas

Muita gente utiliza escovinhas para auxiliar na lavagem de roupas, sapatos e até para limpar cantinhos que outros utensílios não alcançam, porém, apesar de às vezes não parecer, elas também ficam sujas. Segundo o especialista, o ideal é, após cada uso, lavar essas escovas com água e sabão e colocá-las para secar com as cerdas para baixo. Ele também aconselha prestar atenção no estado das cerdas e substituir o item quando elas estiverem muito gastas e abertas.

Esponjas de lavar louça

Por estarem constantemente molhadas e em contato com restos de comida, as esponjas requerem atenção especial. “Alguns fabricantes indicam que a média ideal para trocar a esponja é de 20 a 25 dias, porém isso pode depender da quantidade de vezes que ela é utilizada. O mais indicado é que se troque a cada duas semanas”, explica Ticoulat.

Para evitar que ela fique com cheiro e textura desagradáveis, o especialista afirma que a esponja deve ser higienizada após cada uso. Segundo ele, a melhor maneira de fazer isso é lavá-la com água e detergente, drenando-a completamente em seguida. “Nunca deixe a esponja molhada ou com restos de alimento. A cada três dias, é indicado fazer uma higienização mais profunda com sabão e água quente”, aconselha.

Espanadores de pó

Apesar de parecer relativamente limpo, o espanador acumula poeira e precisa, sim, ser higienizado. De acordo com Ticoulat, a forma mais prática de fazer isso é utilizar água morna e detergente. “Deixe de molho por meia hora, depois drene a água e coloque-o para secar no sol”, diz o especialista.

Panos de prato

Com qual frequência você troca os panos que usa para secar as mãos após lavar a louça e ocasionalmente limpar respingos de comida nas superfícies da cozinha? De acordo com o especialista, dada a grande concentração de germes desse ambiente, isso deve ser feito diariamente. Para higienizá-los, basta lavar normalmente na máquina.

Aspiradores de pó

O aspirador também precisa de cuidados especiais para que dure bastante tempo. Segundo o especialista, é indicado limpar a parte externa com um pano úmido sem que ele esteja ligado à tomada e seguir as instruções do fabricante para higienizar a parte de dentro. “Não aspire regiões úmidas nem objetos pontiagudos. Dessa forma, o saco interno do aspirador terá uma vida útil maior”, acrescenta.

Rodos

Muita gente utiliza o rodo na hora de passar pano na casa, mas, segundo o especialista, isso pode estragar o item. Além disso, é importante não utilizar o mesmo rodo no banheiro e na cozinha, para evitar contaminações, e, para limpar esse instrumento, basta lavá-lo com água e detergente, assim como as vassouras.

Leia também: Usar vinagre na limpeza é ineficaz e até perigoso para a saúde, diz especialista

Baldes

É comum ter uma porção de baldes, usá-los aleatoriamente para fins variados e, após o uso, apenas passar uma aguinha, mas, segundo o especialista, essa não é a melhor forma de lidar com esse item. Para começar, Ticoulat explica que não é uma boa ideia usar o mesmo balde para lavar roupas e ajudar na hora de limpar a casa, já que esses dois processos requerem produtos diferentes que podem deixar resíduos.

De acordo com ele, é aconselhável optar por baldes de plástico – já que eles facilitam a  limpeza  –, lavá-los ao final de cada utilização com o mesmo produto usado na água anteriormente e secá-lo totalmente. 

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.