As estruturas vêm em módulos que podem ser combinados uns aos outros e, segundo a companhia, podem ser instalados até em locais de climas extremos

Se você é fã da saga “ O Senhor dos Anéis ”, provavelmente sabe o quão adoráveis são as casinhas onde vivem os hobbits. O vilarejo imaginado pelo escritor J. R. R. Tolkien saiu do papel na Nova Zelândia, onde, hoje, pode ser visitado por turistas e amantes da história de Frodo e companhia. No entanto, mais do que visitar, é possível viver como um hobbit em uma casa que pode ser montada em praticamente todo canto. 

Leia também: Conheça a casa flutuante sustentável que pode ir de um lugar para outro

Com as 'Green Magic Homes', é possível viver como um hobbit e, melhor ainda, de maneira sustentável
Reprodução/Flickr/Green Magic Homes
Com as 'Green Magic Homes', é possível viver como um hobbit e, melhor ainda, de maneira sustentável

Apesar de o objetivo das “Green Magic Homes” não ser exatamente ambientar as pessoas na Terra Média (e sim proporcionar um modo de vida mais criativo sustentável), a estrutura arredondada dos módulos oferecidos pode ser coberta por vegetação e, segundo a companhia, leva poucos dias para ser erguida. Além disso, com essa tecnologia, dá para viver em uma “casa de hobbit ” até em climas bem intensos.

Leia também: Já se imaginou vivendo como um hobbit? Para ele, a ficção virou realidade

Como funciona a “casa-hobbit”?

De acordo com a companhia, a estrutura das casas é leve e demora apenas alguns dias para ser erguida
Reprodução/Flickr/Green Magic Homes
De acordo com a companhia, a estrutura das casas é leve e demora apenas alguns dias para ser erguida

Segundo a companhia, as “Green Magic Homes” são feitas com um material laminado leve que vem em peças e podem – após a devida preparação do solo – ser erguidas em até cinco dias sem trabalho exaustivo e utilizando ferramentas comuns.

O menor dos módulos mede pouco menos de 40 metros quadrados, enquanto o maior tem 189 metros quadrados
Reprodução/Flickr/Green Magic Homes
O menor dos módulos mede pouco menos de 40 metros quadrados, enquanto o maior tem 189 metros quadrados

As casinhas vêm em módulos que podem ser acoplados uns aos outros e até personalizados de acordo com as necessidades do morador. Enquanto o menor dos módulos tem pouco menos de 40 metros quadrados e espaço suficiente para um quarto e um banheiro, o maior deles tem 189 metros quadrados que podem ser divididos em até quatro quartos e quatro banheiros.

A companhia das
Reprodução/Flickr/Green Magic Homes
A companhia das "casas de hobbit" diz que, após construídas, as estruturas devem ser cobertas com a vegetação local

A proposta da companhia é que os moradores vivam em harmonia com a natureza em vez de destruí-la. Sendo assim, os módulos vêm com instruções de como utilizar o solo e a vegetação locais para cobrir a construção e, ao final, é possível até cultivar uma horta sobre ela.

Leia também: Confira dez lugares que não podem faltar em um roteiro pela Nova Zelândia

De acordo com a companhia, as estruturas estão prontas para aguentar climas extremos com neve e tudo
Reprodução/Flickr/Green Magic Homes
De acordo com a companhia, as estruturas estão prontas para aguentar climas extremos com neve e tudo

De acordo com a companhia, as casas podem ser montadas em qualquer lugar e se adaptam ao relevo da região, reduzindo danos ambientais. Para quem quer viver como um hobbit em climas não tão amenos, como em locais em que neva muito, também é possível; segundo o site do projeto, basta aplicar uma camada de espuma em spray na base da parte exterior da estrutura e ela está pronta para virar um “iglu”.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.